Geral

Dois milhões de jovens de 16 a 18 anos tiram título em 2022

Número de brasileiros dessa faixa etária que fizeram alistamento eleitoral de janeiro a abril é 47% maior que no mesmo período de 2018 e 57% maior que em 2014. TSE e celebridades promoveram campanha em redes sociais.

De janeiro a abril deste ano, mais de 2 milhões de brasileiros de 16 a 18 anos tiraram o título de eleitor. O número é 47,2% maior do que no mesmo período de 2018 e 57% maior do que em 2014, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgados nesta quinta-feira (05/05).

Até março, o número de brasileiros dessa faixa etária que haviam tirado o título era o menor desde 2004, o que levantou preocupações sobre uma eventual desmobilização e baixa participação dos jovens no pleito deste ano, já que para eles o voto não é obrigatório.

Mas uma campanha realizada pelo TSE e por artistas, influenciadores digitais e formadores de opinião em redes sociais reverteu o cenário. Em março, 522.471 jovens tiraram o seu documento para votar, e em abril 991.145 fizeram o mesmo. No total, 2.042.817 novos eleitores dessa faixa etária fizeram o alistamento nos quatro primeiros meses do ano. Os dados são parciais, já que o prazo para tirar o título encerrou-se somente nesta quarta-feira.

Anitta e DiCaprio entraram no movimento

A campanha para que os jovens brasileiros tirassem seu título contou com o apoio de celebridades brasileiras, como a cantora Anitta, o cantor Zeca Pagodinho, o youtuber Felipe Neto e a atriz Bruna Marquezine, e estrangeiras, como os atores Leonardo DiCaprio, Mark Ruffalo, conhecido por fazer o papel de Hulk, e Mark Hamill, que representa Luke Skywalker na franquia Star Wars.

O presidente do TSE, ministro Edson Fachin, afirmou ao apresentar os dados nesta quinta-feira que a resposta da juventude brasileira havia sido “impressionante”.

“Vimos, como há muito não se via, um país unido pelo bem e fortalecimento da democracia. Por isso, agradeço a cada um, influenciador ou não, famoso ou não, brasileiro ou não, jovem ou não, que criou conteúdos nas redes sociais para chamar a atenção de todos para a regularização do título”, disse o ministro.

Fachin também pediu que os maiores de 70 anos, para os quais o voto é facultativo, compareçam às urnas nas próximas eleições. “Exerçam seu direito. Não deixem de fazer valer a sua vontade pelo voto”, afirmou.

O primeiro turno das eleições ocorre em 2 de outubro, e o segundo turno, se houver, será em 30 de outubro. Neste ano, os eleitores poderão votar para presidente, senador, deputado federal, governador e deputado estadual.

FONTE: DEUTCHE WELLE

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese