Mundo

Brasil x Alemanha: duelo de gigantes na despedida do Mineirão da Copa do Mundo

Uma despedida em grande estilo, como merece o Mineirão. Na última partida da Copa do Mundo em Minas Gerais, um duelo de gigantes. Na próxima terça-feira, às 17h, Brasil e Alemanha duelarão por uma vaga na grande decisão do Mundial. Será a partida mais importante da história do estádio erguido 48 anos atrás.

De um lado, a Seleção Brasileira, detentora do maior número de títulos mundiais – cinco. De outro, a camisa pesada do selecionado germânico, tricampeão e recordista em semifinais – 13 em 18 participações.

No retrospecto em Copas do Mundo, brasileiros e alemães se enfrentaram apenas uma única vez. Em 2002, Ronaldo, com uma grande atuação, marcou dois gols e garantiu a vitória da equipe que também era dirigida por Scolari.

Para a partida desta terça, o Brasil não contará com Thiago Silva. O capitão da Seleção Brasileira cumprirá suspensão automática, já que levou o segundo amarelo contra a Colômbia, nas quartas de final. Grande destaque do time, Neymar deixou o duelo desta sexta-feira, aos 43 minutos do segundo tempo, com uma fratura nas costas e está fora da Copa do Mundo. No geral, o desempenho na competição anima os torcedores. O time da CBF já venceu Croácia (3 a 1), Camarões (4 a 1) e Colômbia (2 a 1); empatou com México (0 a 0) e Chile (1 a 1).

Por sua vez, a Alemanha chega a Belo Horizonte com uma das melhores gerações da história. Um time que valoriza a posse de bola ao estilo do Bayern de Pep Guardiola, base do selecionado com sete jogadores titulares (Neuer, Lahm, Boateng, Schweinsteiger, Kroos, Gotze e Muller). Até aqui, campanha invicta dos europeus: venceram Portugal (4 a 0), EUA (1 a 0), Argélia (2 a 1, na prorrogação) e França; empataram com Gana (2 a 2).

O Mineirão na Copa do Mundo

Nesta edição do Mundial, o Mineirão já recebeu a empolgação dos colombianos, a surpreendente geração belga, a categoria de Messi, os tradicionais e decadentes ingleses e o talento de Neymar. Todos os duelos com casa cheia.

No primeiro jogo (Colômbia 3 x 0 Grécia), os sul-americanos invadiram o Gigante da Pampulha e fizeram uma festa. Por sua vez, no segundo duelo, os jovens belgas, sem brilhar, venceram os empolgados argelinos (2 a 1).

No confronto seguinte (Argentina 1 x 0 Irã), Messi deslumbrou os mineiros com um gol espetacular. Já na última partida da primeira fase, costa-riquenhos e ingleses fizeram um dos jogos mais desanimados da primeira fase.

Um duelo épico entre brasileiros e chilenos marcou o Mineirão nas oitavas de finais. O Brasil abriu o placar com David Luiz, mas o Chile buscou o empate com Aléxis Sanchez e quase virou na prorrogação, com uma bola na trave de Pinilla. Nos pênaltis, Julio Cesar salvou o Brasil e garantiu a vaga

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
Tags

About the author

Gomes Oliveira

Add Comment

Click here to post a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese