Cultura

Polícia Federal: livro relata operações especiais nas fronteiras e conta bastidores da organização

Em “O Novato”, obra publicada pela Editora AlfaCon, o agente de polícia e ex-coordenador de fronteiras, Eduardo Bettini, conta histórias e desafios da profissão

Protagonista da vida brasileira nos últimos anos, a Polícia Federal se tornou uma instituição conhecida, respeitada e almejada por muitas pessoas. E os bastidores de algumas operações nas fronteiras do território nacional agora são reveladas no livro O Novato, publicado pela Editora Alfacon.

A obra reúne algumas histórias dos mais de 20 anos de carreira do agente da Polícia Federal Eduardo Maia Bettini, que acompanhou toda a transformação pela qual a organização passou até agora. Ele também comandou projetos nas fronteiras dos estados do Paraná e do Mato Grosso do Sul quando foi escolhido como coordenador de operações especiais pelo Ministério da Justiça em 2018.

“A Polícia Federal mudou completamente desde quando entrei. Se tornou uma instituição sofisticada, de pessoas com alto grau de instrução e intelecto. Ficou para trás aquela ideia de que fazemos apenas o trabalho duro”, relata.

A fama sobre a Polícia Federal não aconteceu apenas com as grandes operações envolvendo a política brasileira, mas também pelos investimentos que a organização tem tido há pelo menos dez anos. O número de operações da Polícia Federal deflagradas no Brasil passou de 236 em 2009 para 1.033 em 2018, segundo dados do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

A maior quantidade de operações deflagradas foi relacionada ao combate ao tráfico de drogas, que passou de 67 operações em 2009 para 233 em 2018 – alta de 248%. Crimes relacionados ao meio ambiente e patrimônio histórico também passaram a ganhar maior atenção da PF ao longo dos últimos 10 anos. Em 2009, foram deflagradas apenas nove operações em todo o Brasil para combater esse tipo de crime. Em 2018, foram 73 – uma variação de 711%.

No livro, Bettini conta desde a história da sua entrada na PF e os percalços no início de sua trajetória, com os erros e as ansiedades, mas, principalmente, trazendo todos os aprendizados que cada momento na instituição proporcionou em sua vida.

“Transmitir as sensações, os medos, as inseguranças e o sentimento de vitória em cada missão, desde o planejamento até a execução, mostrando, inclusive, os perigos pelos quais passei, por exemplo, foram os maiores desafios para a construção das histórias”, conta Bettini.

Ao longo de sua atuação, o policial também foi responsável por consolidar e expandir a nível nacional o programa de inteligência Policial chamado V.I.G.I.A (Vigilância, Integração, Governança, Interoperabilidade e Autonomia), com o objetivo de identificar e combater o tráfico de drogas e contrabando nas regiões de fronteira.

O ‘Novo Cangaço’

Uma das experiências mais emocionantes na história profissional de Bettini aconteceu em abril de 2019, na cidade de Terra Rica, no Paraná, com pouco mais de 15 mil habitantes, quando um grupo de 20 pessoas atacaram a região e explodiram e assaltaram os bancos locais.

“A operação levou um ano para alcançar a quadrilha, que já tinha feito ataques nas cidades de Cruzeiro, em São Paulo, e Alvorada do Sul, no Paraná, onde aconteceu um confronto que rendeu a prisão de 14 pessoas e a apreensão de mais de R$ 130 mil”, conta. Toda a trajetória de investigação e combate está documentada com maiores detalhes também em sua outra obra, Mamba Negra.

Serviço:

Título: O Novato: As primeiras missões na Polícia FederalAutor: Eduardo Maia BettiniEditora: AlfaConPreço: R$ 69,90 (impresso) e R$ 48,90 (e-book)

Contato:

Fernando OliveiraIsabela Matos(11) 95331.2614

Sobre a Editora AlfaCon: Há nove anos no mercado, a editora AlfaCon é conhecida pela sua produção de materiais para a preparação de candidatos para concursos públicos. Depois de entrar em outros ramos da educação, como na área jurídica, livros para o Enem, negócios e desenvolvimento pessoal, a editora decidiu focar em conectar diferentes plataformas para aprofundar e potencializar o desenvolvimento dos alunos com o apoio dos seus livros.

Sobre Eduardo Bettini: EDUARDO MAIA BETTINI é agente de Polícia Federal desde 2001. Foi integrante do Comando de Operações Táticas (COT) e da Coordenação de Aviação Operacional (CAOP). Atualmente está lotado no Grupo Especial de Polícia Marítima da Delegacia da Polícia Federal de Maringá. Foi Coordenador-Geral de Fronteiras da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública – SEOPI (2019 -2020), tendo ocupado também o cargo de Diretor de Operações Substituto e Coordenador-Geral de Combate ao Crime Organizado, substituto da mesma Secretaria.  Formado em Direito e Agronomia, com licenciatura plena em Biologia, mestrado em Química do Solo e doutorando em Conservação de Florestas Tropicais pelo Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA).

FONTE: ASSESSORIA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese