Tempo Real

TCU quer ouvir Mantega e Arno sobre empréstimos

Calote se concretizou a partir de 2016, o que obrigou a União a honrar as dívidas no lugar do governo estadual

O TCU (Tribunal de Contas da União) convocou o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e o ex-secretário do Tesouro Arno Augustin a darem explicações por terem concedido garantias da União a empréstimos a Estados que já apresentavam “evidente deterioração de sua capacidade de pagamento”.

A área técnica da corte de contas apontou os dois como responsáveis pela prática adotada entre 2011 e 2014, que elevou o endividamento de governos estaduais já em péssimas condições financeiras e resultou no calote dado pelo Estado do Rio de Janeiro, um dos maiores beneficiados pela política de garantias facilitadas.

Só em 2012, o Rio recebeu R$ 8,4 bilhões em garantias para empréstimos na Caixa, Banco do Brasil e organismos multilaterais segundo a auditoria conduzida pelo TCU. A nota do Estado nessa época era “C”, a penúltima na tabela de classificação de risco e que indica baixa capacidade de pagamento e elevado risco de inadimplência.

O calote se concretizou a partir de 2016, o que obrigou a União a honrar as dívidas no lugar do governo estadual. Por meio de seu advogado, Mantega disse que não comentaria o assunto. Arno Augustin não foi localizado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

FONTE: ESTADÃO CONTEÚDO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

About the author

Gomes Oliveira

Add Comment

Click here to post a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese