Noticias

Nova etapa da Operação Assepsia prende mais 3 pessoas em Ji-Paraná

Na manhã desta quinta-feira (23) as equipes de investigação da Segunda Delegacia de Polícia  Ji-Paraná de cumpriram três mandados de prisão preventiva (que vale
por 30 dias) e de busca e apreensão. O trabalho de hoje é uma continuação da Operação Assepsia, que foi realizada no dia 14 de Fevereiro. Na primeira fase, oito pessoas foram presas, entre elas Joseph Newton Fernandes Rabelo, apontado como o chefe da organização criminosa que teria desviado pelo menos R$ 500 mil do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais.

Nesta segunda etapa da Operação, foram presos pelos crimes de peculato, falsidade ideológica, falsificação de documentos e por atuação como “funcionário Fantasma” (que recebe mas não aparece para trabalhar), o empresário José Flávio Rabelo (apontado como funcionário fantasma) e Isaac Aguiar Pereira funcionário publico de carreira.

A operação investigou também um esquema de pagamentos de propina onde uma empresa que presta serviços odontológicos está envolvida.

O proprietário desta empresa, Cledir Silva Ferreira, é acusado de pagar propina ao Sindicato dos Servidores Municipais em troca prestar serviços odontológicos aos sindicalizados.

De acordo com as investigações a Prefeitura faz um repasse de R$ 50 para cada nova adesão dos planos odontológicos e o dentista repassava 10% desse Valor ao ex-presidente do Sindicato, Geraldo Martins e para Joseph Newton. Quanto mais servidores o sindicato fizesse aderir ao plano, mais dinheiro era pago, os valores pagos foram todos feitos em cheques, segundo a investigação.

Matéria:Rede TVRO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese