Politica

Deputados de Rondônia são contra priorizar pedofilia como crime hediondo

A proposta está há sete anos tramitando no Congresso Nacional

Seis deputados federais rondonienses votaram contra priorizar o Projeto de Lei que enquadraria como crime hediondo a prática de pedofilia em território brasileiro.

Votada na última semana, a proposta de inversão de pauta do Projeto de Lei 1776/2015, foi apresentada pela bancada do PT no Congresso Nacional, ela daria prioridade a lei que transforma pedofilia em crime hediondo, porém não passou na Casa de Leis.

Ao total, 224 deputados acompanharam a indicação do Governo e votaram contra colocar a pauta como prioridade, já outros 135 deputados foram favoráveis a priorizar a votação do projeto.

Entre os oito deputados da bancada rondoniense, apenas Mauro Nazif (PSB) e Lúcio Mosquini (MDB) não votaram. Os outros seis deputados foram contra dar prioridade ao projeto que intensifica as penas para o crime de pedofilia.

A proposta está há sete anos tramitando no Congresso Nacional.

FONTE: JH NOTÍCIAS

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com