Teia Digital

Brasileiros usam mais contas digitais – Por Silvio Persivo

A maior prova de que tempo é dinheiro. “Se você não acredita em mim ou não entende, não tenho tempo para tentar te convencer, desculpe” (Satoshi Nakamoto). 

NOVO HOSPITAL DE EMERGÊNCIA E URGÊNCIA DE RONDÔNIA

O Governo de Rondônia assinou com o Consórcio Vigor Turé, em solenidade na manhã desta segunda-feira (17), no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho. o contrato Built To Suit (BTS) para a construção do novo Hospital de Emergência  e Urgência do Estado.  assinando O documento marca uma das etapas finais, antes do início das obras do futuro complexo hospitalar rondoniense. Com duração de 30 anos, o contrato inclui elaboração do projeto de Engenharia, obras e manutenção predial durante o período de vigência do contrato. Depois de iniciada a construção, o consórcio terá um prazo de dez meses para entregar o primeiro módulo da obra. Com este, os termos de recebimento provisório e definitivo serão providenciados para que o Poder Executivo inicie os pagamentos mensais. O Valor de Pagamento Mensal (VPM) foi homologado em R$ 2.889.000,00 (dois milhões e oitocentos e oitenta e nove mil reais), conforme publicado na edição 228 do Diário Oficial em 19 de novembro de 2021; vale ressaltar que neste investimento está incluso a construção e manutenção ao longo de 30 anos. A contratação, na modalidade BTS ( tradução livre “construído para servir”), permitirá a entrega de um pronto-socorro em tempo recorde.  proporcionando conforto, qualidade e dignidade à população rondoniense. O local onde será construído foi definido,  por estudo de viabilidade, no perímetro entre as Avenidas Mamoré, Rio de Janeiro e BR-364 e será comprado pela vencedora do certame (Vigor Turé).  O novo hospital substituirá as funções do atual Pronto-Socorro João Paulo II, funcionando ininterruptamente, 24 horas durante os sete dias da semana. Terá 399 leitos, centro cirúrgico com dez salas de cirurgia, hemodinâmica e mais de 60 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além de contar com equipamentos modernos.

PREFEITO GARANTE CELERIDADE PARA LICENÇAS DO NOVO HOSPITAL 

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, recepcionou na última segunda-feira (17), no Prédio do Relógio, o secretário de Saúde do Estado, Fernando Máximo, o Procurador Geral do Estado, Maxwel Mota de Andrade, e representantes do Consórcio Vigor Turé, vencedor da licitação que será responsável pela construção e manutenção do novo Hospital de Urgência e Emergência de Rondônia (Heuro) na capital. A visita ocorreu para dar celeridade na emissão das licenças necessárias para o início das obras. O prefeito afirmou que a saúde é sempre um gargalo às gestões de qualquer governo e que, por isto “Nossa equipe está alinhada com essa demanda. Vamos dar o start com toda prioridade, de forma imediata junto às secretarias municipais que são fundamentais para a liberação dos documentos: Regularização Fundiária, Habitação e Urbanismo (Semur), de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema) e de Trânsito, Mobilidade e Transportes (Semtran). De nossa parte, podem ficar tranquilos”.  

COMÉRCIO EXTERIOR DA CHINA ALCANÇA US$ 6,05 TRILHÕES 

O comércio exterior da China ultrapassou US$ 6 trilhões, pela primeira vez, em 2021, foi um aumento de US$ 1,4 trilhão em relação ao ano anterior, segundo a Administração Geral de Alfândegas (GAC). O volume de comércio em iuanes aumentou 21,4% ano a ano, para 39,1 trilhões de iuanes, com exportações subindo 21,2%, para 21,73 trilhões de iuanes, e importações, 21,5%, para 17,37 trilhões de iuanes. Acrescente-se que o país registrou um crescimento constante do comércio com todos os seus cinco maiores parceiros comerciais. As importações e exportações da China com a Asean, a União Europeia, e os Estados Unidos aumentaram 19,7%, 19,1% e 20,2%, respectivamente, enquanto seus comércios com o Japão e a República da Coreia subiram 9,4% e 18,4%. Ao mesmo tempo, o comércio do país com as economias envolvidas na Iniciativa do Cinturão e Rota registrou aumento de 23,6%, um ritmo acima da média.  As exportações  tornaram-se um pilar da economia da China, disse Zhang Zhiwei, economista-chefe da Pinpoint Asset Management. O comércio exterior da China atingiu a marca de US$ 4 trilhões em 2013 e ultrapassou US$ 5 trilhões e US$ 6 trilhões de uma só vez em 2021. Em suas últimas previsões, o Banco Mundial colocou o crescimento real do PIB da China para 2021 em cerca de 8%, moderando levemente em 2022 para 5,1% ainda sólidos. Segundo Zhang “As exportações do país permanecerão fortes no primeiro trimestre deste ano, pois a demanda global permanece robusta e a pandemia piora em muitos países em desenvolvimento”.

BRASILEIROS USAM MAIS AS CONTAS DIGITAIS 

Com a  pandemia os bancos digitais ganharam espaço na vida dos brasileiros: uma pesquisa do Instituto Locomotiva em parceria com a TecBan mostrou que 42% já são clientes de alguma fintech. Segundo o diretor financeiro do Popibank, Marcelo Pereira,  “Os bancos digitais que já estavam preparados para atender com qualidade pelo celular, sem a interação presencial com o cliente, se destacaram e atraíram um público ainda maior com a pandemia”. Um outro estudo, do Global Digital Banking Index 2021, mostrou que os brasileiros são o povo com maior índice de contas bancárias exclusivamente digitais. Segundo o levantamento, o número de pessoas com conta deste formato saltou de 25,4% em 2018 para 44% em 2020, um crescimento de 73%. O levantamento, feito com 47 mil pessoas em 28 países, mostrou que o brasileiro utiliza mais o smartphone do que a média global. “E essa quantidade de uso não acontece apenas nas redes sociais, mas em outros setores e serviços ofertados diretamente pelo celular, que oferecem uma experiência rápida, segura e eficiente”, avaliou Pereira. Global Digital Banking Index 2021, a segurança, que sempre foi um ponto que causava temor nos usuários de serviços online, já não é mais uma ‘pedra no sapato’ dos clientes dos bancos digitais. Entre os brasileiros, 78% declararam confiança para compartilhar dados com as instituições. Entre os que não utilizam os bancos digitais, 47% afirmam estar felizes com a instituição atual e 42% dizem não estar familiarizados com os serviços financeiros completamente digitais”. A nota é de Bruno Vinicius da Silva, da AKM Assessoria de Imprensa. 

AUTOR: SILVIO PERSIVO –  COLUNA TEIA DIGITAL

  • A opinião dos colunistas colaboradores são de sua inteira responsabilidade e  não reflete necessariamente a posição da Folha Rondoniense

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese