Agronegócio

Produtores de Cacau de Rondônia serão apoiados pelo Sebrae

Projetos de atendimento terão entidades da cadeia produtiva envolvidas

O Serviços de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Rondônia – Sebrae, está mobilizando um grande número de parceiros para apoiarem projetos que atenderão os produtores rurais da cadeia do Cacau, na região central do estado.

O trabalho do Sebrae conta com grandes parceiros tais como: SENAR, SEAGRI, EMATER, CEPLAC, EMBRAPA, IDARON, IFRO, MAPA, e outros apoiadores e todo o trabalho a ser realizado estará focado em alguns pilares: Inovação e Tecnologia, Inteligência de Mercado e sustentabilidade. Serão desenvolvidas ações que visem aumentar a produtividade dos produtores, a qualidade do produto, focando em melhores resultados financeiros e num melhor posicionamento da produção de cacau de Rondônia em nível nacional.

“Estamos conectando os parceiros adequados para levarmos à frente essa missão, sempre procurando fortalecer a cultura da internacionalização, a inclusão do produtor na Transformação Digital e acesso a novos mercados”, disse Samuel Almeida, diretor técnico do Sebrae em Rondônia.

São parceiros do Sebrae nos projetos e compõem seu comitê gestor: a Seagri, Ceplac, o Senar, Embrapa, Emater, Idaron e o Mapa, compondo uma força institucional relevante para o monitoramento do desenvolvimento dos projetos.

Para Marcileide Zirondi, analista de negócios do Sebrae e gestora dos projetos, será um trabalho bem completo: “Vamos focar em capacitação, serviços tecnológicos, abordar temas como governança e cooperativismo, conteúdos digitais, acesso a mercados e trabalhar a questão da mulher e dos jovens na produção cacaueira”, pontuou Marcileide.

Além disso tudo, um estudo para incluir o cacau de Rondônia como indicação geográfica também deve ser implementado. Conferir a um produto a sua indicação geográfica é um longo e criterioso processo para chancelar a qualidade e origem de um produto, e que resultará na participação de toda a sociedade, pois o Cacau de origem de Indicação Geográfica, promoverá o produto, o território e o Estado onde é produzido. como, por exemplo, o queijo da região da Canastra, em Minas Gerais. A intenção é promover um processo semelhante para o Cacau de Rondônia.

Agrolab Amazônia

As ações dos projetos visam promover a capacidade produtiva e de gestão, dos produtores rurais, bem como prestar orientações para fortalecer os participantes dos projetos, bem como capacitá-los a se posicionarem presencial ou virtualmente no mercado. Um marco que evidencia isso foi a realização do evento Agrolab Amazônia, em 2020, a maior feira de agronegócios da Amazônia Legal, totalmente virtual, oferecendo experiência de realidade virtual, leilão de gado virtual, exposição e comercialização de produtos e serviços também de maneira virtual; a expectativa é que os produtores participantes dos projetos estejam mais familiarizados com este novo modelo de relacionamento, potencializado nos últimos tempos.

FONTE: ASSESSORIA SEBRAE/RO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

About the author

Gomes

Add Comment

Click here to post a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese