Geral

Polícia prende 2 suspeitos de ajudar Lázaro em fuga, diz secretário

Segundo o Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, suspeitos ajudavam homem apontado como serial killer a fugir da polícia

O secretário da Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, deu uma entrevista coletiva, na noite desta quinta-feira (24), para falar sobre as buscas por Lázaro Barbosa, de 32 anos, que é apontado como serial killer do Distrito Federal, e disse que duas pessoas foram presos sob suspeita de ajudar na fuga do acusado.

Segundo o secretário, os dois detidos “são psicopatas” que atuavam de forma para facilitar a fuga de Lázaro. Com eles, foram apreendidas armas de fogo, sendo que uma delas foi furtada em uma das residências invadidas pelo acusado durante essas duas semanas que está fugindo da polícia.

Nesta quinta-feira (24), dois helicópteros foram acionados, houve reforço no número de viaturas mobilizadas e o secretário Rodney se dirigiu a região de buscas intensas no município de Girassol, que teve seu acesso fechado à imprensa por uma barreira policial.

As equipes passaram por lá por volta de 14h às 17h, quando voltaram para a base, montada em uma escola municipal. No início da noite as equipes retornaram à região, onde quatro peritos foram acionados, e por volta das 19h40 deixaram a área em direção à base.

Na região, pela manhã, houve um tiroteio registrado por equipes da Record TV. Em uma área próxima, um caseiro relatou na quarta-feira que trocou tiros com um homem que poderia ser Lázaro, mas não soube informar se o suspeito foi atingido.

Na terça-feira (22), os policiais encontraram um carro abandonado e incendiado na região conhecida como Gruta dos Ecos, na saída do distrito de Girassol, em Cocalzinho de Goiás. A polícia e a perícia foram delocadas para o local para coletar impressões digitais do automóvel.

De acordo com as apurações, Lázarou chegou a trocar tiros com as equipes de segurança durante as buscas na zona rural de Edilândia, no dia 15, e um policial ficou ferido. Dias depois, nova troca de tiros, mas em ninguém atingido.

Além do massacre da família Vidal, de acordo com a Polícia Civil, Lázaro coleciona três mandados de prisão em aberto por roubos e estupro, em Goiás, e por um homicídio na Bahia. No Distrito Federal, ele é investigado por homicídio e roubo seguido de estupro. Além disso, o acusado está foragido da penitenciária de Águas Lindas de Goiás há mais de três anos.

Apesar de circular por povoados e propriedades rurais, Lázaro já usou a tecnologia para o interesse próprio. Redes sociais serviram como facilitador, onde se passava por bom rapaz e se aproxiava de vítimas.

Em 2013, após ter sido preso, passou por avaliação feita por uma junta médica. Na época tinha 26 anos, e o laudo apontou características de personalidade agressividade, ausência de mecanismos de controle, dependência emocional, impulsividade, instabilidade emocional, possibilidade de ruptura do equilíbrio, preocupações  sexuais e sentimentos de angústia.

FONTE: R7.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese