Cidades

GOVERNADOR DO RIO, PEZÃO: “QUEM MATA POLICIAL DEVE FICAR BEM LONGE, DE PREFERÊNCIA EM RONDÔNIA”

Com a onda de violência que assola o Rio de Janeiro nos últimos dias, o  governador Luiz Fernando Pezão foi enfático ao comentar mais dois ataques a PMs de UPPs. Eles querem que bandidos que matarem ou ferirem policiais sejam transferidos para presídios federais. Na manhã de quinta-feira, o PM Alisson Sturião, de 32 anos, foi baleado no maxilar durante tiroteio na Fazendinha, no Alemão. Na noite de quarta-feira, também no Alemão, outro policial, do Bope, cujo nome não foi divulgado, foi ferido por estilhaços. Quatro PMs de UPPs já foram mortos este ano e 25 teriam ficado feridos.
— Quem mata policial é um preso que deve ter um tipo de pena. A primeira é ficar longe. De preferência lá em Rondônia, Roraima, bem longe, num presídio federal — afirmou Pezão.
Ele deu a declaração durante a inauguração da 3ª Companhia Destacada da PM, no Fonseca, em Niterói. Os índices de criminalidade no município cresceram muito nos últimos meses, o que levou o prefeito Rodrigo Neves a pedir ajuda ao estado.

Fonte: Maisro.com.br com O Globo

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
Tags

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese