Teia Digital

Especialista alerta sobre influência do setor financeiro nas políticas públicas – Por Silvio Persivo

O homem é um ser que social, logo,  o isolamento é antinatural. “A liberdade é algo maravilhoso, mas não quando o preço que se paga por ela tem de ser a solidão” (Bertrand Russell). 

TONINHO TAVERNARD LANÇOU “ESTRELA DA MANHÔ

O cantor e compositor rondoniense Toninho Tavernard lançou, neste domingo, 02 de janeiro, seu primeiro CD, que tem o título de “Estrela da Manhã”, nome de uma  16 das músicas presentes no disco, que fez em homenagem à sua mãe.  O trabalho já esta[ádisponível em todas as plataformas digitais (Spotify, Deezer, Youtube) neste domingo. Um músico eclético, que transita por todos os gêneros musicais, traz em seu trabalho atual samba de roda, samba canção e sambas românticos. Segundo Toninho  será organizado um show de lançamento do CD, com data provável em início de fevereiro.  A gravação contou com o apoio cultural do Município de Porto Velho, com recursos da Lei Aldir Blanc, através de chamada pública. 

AUDIÊNCIAS SOBRE ESTUDOS TÉCNICOS DE ÁGUA E SANEAMENTO DE PORTO VELHO SÃO DEFINIDAS

A Prefeitura de Porto Velho redefiniu as datas das audiências públicas que discutirão os estudos técnico, econômico-financeiro e jurídico que visam atender o município (sede e distritos) com os serviços de água tratada e esgotamento sanitário. Os dois encontros vão acontecer nos meses de fevereiro e março do próximo ano. A primeira audiência para a discussão dos estudos está prevista para acontecer no dia 7 de fevereiro de 2022 e a segunda no dia 7 de março do mesmo ano. Será possível aos interessados a participação também de maneira virtual, por conta da pandemia. No encontro será apresentado o projeto, a discussão de proposta e sugestões. O edital de licitação, na forma da lei, será lançado após a realização da segunda audiência pública. A estimativa é de que em dez anos o abastecimento de água tratada chegue a 95% da população da capital. No mesmo período, o esgotamento sanitário deve chegar a mais da metade dos lares do município de Porto Velho.

UNIR ANUNCIA RETORNO GRADUAL ÀS ATIVIDADES PRESENCIAIS

A Universidade Federal de Rondônia (UNIR) anunciou o retorno, de modo seguro, às atividades presenciais ao longo do primeiro semestre de 2022. Uma portaria da Reitoria, publicada na terça-feira, dia 28, prevê o retorno gradual das atividades administrativas a partir do dia 1º de janeiro, até o retorno total dos servidores,  no início de abril de 2022. “A prioridade, no entanto, continua sendo a segurança da comunidade acadêmica, no entanto, as providências, para a volta paulatina, e de maneira segura, estão sendo tomadas pelo comitê interno responsável por analisar e orientar os procedimentos e as medidas de segurança durante a pandemia”, explicou a reitora da instituição, professora doutora Marcele Pereira.

NOVO SALÁRIO MÍNIMO FOI ESTABELECIDO PELO GOVERNO FEDERAL 

Já está em vigor, desde sábado (1º), o primeiro dia de 2022, o novo valor do salário mínimo brasileiro, que passou a ser de R$ 1.212,00 por mês. A mudança foi feita no último dia de 2021, por meio de uma medida provisória (MP) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro. O novo valor considera a correção monetária pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC) de janeiro a novembro de 2021 e a projeção de inflação de dezembro de 2021, estimada pela área técnica do Ministério da Economia. No total, o aumento será de 10,18% em relação ao valor anterior, que era de R$ 1.100,00. Os estados possuem a liberdade de ter salários mínimos locais e pisos salariais por categoria maiores do que o valor fixado pelo governo federal, desde que não sejam inferiores ao valor do piso nacional.

ESPECIALISTA ALERTA SOBRE INFLUENCIA DO SETOR FINANCEIRO NAS POLÍTICAS PÚBLICAS

O gestor em políticas públicas e especialista da Fundação da Liberdade Econômica (FLE), Arthur Wittenberg, durante o sexto episódio do podcast Liberdade em Foco, no último dia 20 de dezembro, salientou o aumento da capacidade do setor financeiro influir nas políticas públicas depois da crise de 2008. Segundo ele, “O poder dos bancos, no Brasil, influencia diretamente a criação de políticas públicas no país”. Disse ainda o pesquisador, que a influência das instituições bancárias nos diversos setores da economia e do poder público, inclusive com a potência no relacionamento entre os parlamentares do Congresso Nacional, para o exercício da defesa de interesses, tem impacto direto sobre a construção de políticas, especialmente após a crise de 2008. “Na crise financeira, de forma contraintuitiva, o governo de esquerda aumentou o poder dos bancos, a concentração e o lucro bancário aumentaram, e eles conseguiram controlar melhor a economia”, explicou. “Se há uma política pública em gestação, nociva ao setor que tem muito poder estrutural na economia, o normal é que ele reaja, dizendo por exemplo que não vai mais participar do desenvolvimento da economia ou daquele setor estratégico”. Se alguém duvida disto é somente pensar no atual comportamento do Banco Central em relação as taxas de juros. Embora o consumo esteja baixo, por conta do endividamento e da perda de poder aquisitivo, ainda assim assistimos a um ciclo exagerado de aumento das taxas que favorece, sem sombra de dúvidas, apenas o setor financeiro.

AUTOR: SILVIO PERSIVO –  COLUNA TEIA DIGITAL

  • A opinião dos colunistas colaboradores são de sua inteira responsabilidade e não reflete necessariamente a posição da Folha Rondoniense

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese