Cidades

CAPITAL: Gestão Hildon Chaves começa celebração do Dia da Consciência Negra

Data comemorativa é 20 de Novembro, mas programação em Porto Velho começa nesta quinta-feira e termina no dia 25

Começa nesta quinta-feira,11, em Porto Velho , a programação alusiva ao Dia da Consciência Negra.

A data comemorativa é celebrada no dia 20 de novembro , mas a Gestão Hildon Chaves ampliou as comemorações graças a articulação da primeira- dama do Município, Ieda Chaves.

Serão  desenvolvidas várias atividades sobre essa temática voltadas para o combate ao racismo e a  inclusão da população negra. A comemoração é realizada  pela Prefeitura da Capital  com o apoio de parceiros do Poder Público e da iniciativa privada.

No âmbito da administração municipal, a iniciativa será coordenada pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Família – Semasf – com a participação das pastas da Educação, Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur), Fundação Cultural e Superintendência de Integração Distrital.

De acordo com a secretária- adjunta da Semasf, Joelna Holder, o  cronograma comemorativo tem início nesta quinta – feira às 16h no Porto Velho Shopping, onde haverá apresentação cultural e oficinas com os temas : Saber Fazer Cultural Afro: trança ; Transições Capilares ,  aspectos psicossociais; Aplicação de Cílios, Maquiagem para a Pele Negra e Cuidados com os Cabelos.

Segundo  Elsie Shockness, técnica da Semasf  que coordena os trabalhos, terão oficinas ainda sobre Empreender no Segmento Beleza, Demonstração de Tranças e Penteados, Relações Étnicos Raciais na Internet, além de Penteados Nagô e Seus Significados. “As oficinas serão abertas ao público “, informou.

Uma das principais oficinas será sobre racismo sutil. O mesmo se constitui por termos e expressões presentes no vocabulário da sociedade, que podem caracterizar um discurso preconceituoso por associar a negritude a fatos pejorativos. Um dos exemplos mais comuns é a coisa tá preta, quando se refere a uma situação negativa. 

Essas oficinas serão coordenadas pela Associação Filhas do Boto Nunca Mais que atua na Capital com ações voltadas para populações vulneráveis. A entidade , conforme a sua presidente Anne Cleyanne, coordenará também a  feira de afro- empreendedoras que integra a pauta .

No dia 20 de novembro acontecem  algumas dessas oficinas na Praça Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), localizado no bairro JK, na zona leste.

 
A programação sobre a Consciência Negra chega ao fim no dia 25 , com a realização de um painel ,  no V Congresso de Educação.Durante o evento ,educadores da rede municipal de ensino serão capacitados sobre essa temática.
AUTOR: JOÃO ALBURQUERQUE –  FONTE: ASSESSORIA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese