Videos

Águas que me Tocam: último dia do festival mostra íntima relação do poeta Elizeu Braga e o movimento do rio

O Rio e a Palavra. No quinto e último episódio do Festival Águas que me Tocam, que vai ao ar nesta sexta-feira (10), a íntima relação do poeta e multiartista Elizeu Braga com o movimento das águas barrentas do Rio Madeira dá o tom ao bate-papo sobre a literatura e o poder das palavras no processo de afirmação da identidade beradeira amazônida. O episódio vai ao ar a partir das 20h do horário de Rondônia, pelo YouTube: https://www.youtube.com/juracijunior

Elizeu traz em suas obras um olhar particular sobre a vida ribeirinha, os impactos de grandes obras e ciclos migratórios que atravessam a cidade e tantas vidas, a partir de sua própria vivência, da memória familiar e memória coletiva dos povos das beiras por onde anda. A fumaça das queimadas que encobrem a cidade durante o conhecido verão amazônico, o rio que baixa cada vez mais no período de seca e o mormaço que queima a pele mesmo quando o sol parece inofensivo são retratados em seus poemas e também na performance Mormaço, que será exibida no episódio.

Em cinco semanas, o Festival Águas que me Tocam mostrou ao público a relação de diversos artistas que, com suas linguagens e formas distintas, retratam como os rios amazônicos atravessam suas vidas e, por consequência, suas obras. “Trazer o rio como personagem principal de um festival que reúne tantas linguagens da arte é um presente para nós, artistas, para o público e, principalmente, para a cidade, que nasce às margens do Madeira e que por vezes acaba esquecendo o rio. É uma alegria poder discutir tudo isso em um festival tão cheio de vida, de poesia e de afeto”, completa Juraci Júnior, um dos criadores do festival.

O festival “Águas que me Tocam” conta com direção artística de Juraci Júnior, Val Barbosa e Francis Madson e é realizado pela Casa do Rio Filmes, contemplado pelo Edital nº 32/2021/SEJUCEL-CODEC – 2ª Edição Pacaás Novos – Prêmio para Difusão de Festivais Mostras e Feiras Artísticos-Culturais. lei 14.017/2020 Lei Aldir Blanc. 

Confira os episódios anteriores:

“O Rio e a Música”: https://youtu.be/ch1qr_z0mao  

“O Rio e as Memórias”: https://youtu.be/bNQ9L023S5E  

“O Rio que se Move em Mim”: https://youtu.be/bLWuTemFxKA 

“O Rio que me Sustenta”: https://youtu.be/QJLOlBmCGBk 

10/06
“O Rio e a Palavra”: apresentação do espetáculo “Mormaço/Estiagem”, de Elizeu Braga (RO), poeta, que desponta como um dos principais nomes da literatura nacional Contemporânea. 

FONTE: ASSESSORIA FOLKS COMUNICAÇÃO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese