Interessante

Sesau enfatiza medidas de prevenção a queimaduras no mês Junho Laranja

O mês de junho é intitulado “laranja” com objetivo de conscientizar a população para a prevenção de acidentes que causem queimaduras

O sol, brincadeiras com fogueiras durante as festas juninas, acidentes domésticos, de trabalho, com eletricidade e a manipulação de produtos químicos podem ocasionar queimaduras. Com o objetivo de enfatizar as medidas de prevenção a queimaduras, o Governo do Estado de Rondônia por meio da Secretaria do Estado da Saúde – Sesau, notabiliza o “Junho Laranja”, mês de campanha de prevenção à queimaduras.

A campanha nacional é influenciada pela Sociedade Brasileira de Queimaduras – SBQ do Ministério da Saúde, que alerta para a diminuição dos acidentes com fontes de calor ou frio, corrente elétrica, radiação, produtos químicos e outros.

O atendimento deve ser realizado no ambiente hospitalar, e ações como utilizar creme dental ou café não devem ser feitas, enfatiza o médico cirurgião plástico Miguel Lédo, “ Em caso de queimaduras, procure a unidade de saúde, aqui avaliamos o paciente de acordo com o quadro clínico, e se há necessidade de internação e intervenção cirúrgica”, explicou.

As queimaduras podem ser classificadas como de 1° grau, as que atingem camadas superficiais da pele; as de 2° grau que atingem de forma mais profunda, acometendo toda a derme; e as de 3° grau, que comprometem todos os níveis da pele e podem chegar aos ossos, e em casos extremamente graves, levam à morte.

Os primeiros atendimentos, em todos os casos de queimaduras, são realizados pelos cirurgiões gerais e plásticos do Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, caso o paciente necessite de internação, é transferido para o Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, ambos em Porto Velho.

O médico Rodrigo Bastos, diretor-geral do Hospital de Base explica que os procedimentos são realizados pela equipe especializada em cirurgia plástica da unidade de saúde. “Eu considero oportuna a sensibilização da população, sobretudo nesse período com maior incidência de queimadas ilegais que podem ocasionar acidentes”, frisou.

Todos os atendimentos e procedimentos a pacientes acometidos com queimaduras, são realizados em Rondônia, sem necessidade de transferência de queimados, tanto em casos moderados, resolvidos com curativos biológicos, como nos complexos, que exigem transplante.

FONTE: SECOM/RO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese