Policial

Polícia Civil deflagra operação e prende suspeitos de matarem mulher que tentou defender o marido e o bebê de traficantes

A Delegacia de Homicídios, com apoio do Departamento de Narcóticos (Denarc) e da Delegacia de Patrimônios (DERF), deflagrou na manhã desta quinta-feira (9) mais uma operação na capital. Nove mandados de prisão e de buscas foram cumpridos.

A operação denominada Matrem é o desdobramento das investigações do Homicídio duplamente qualificado que vitimou Danielle Santos Reis e das tentativas de homicídio contra Paulo Roberto Salazar Ribeiro Júnior e um bebê de apenas 10 meses de idade, ocorrido no dia 18 de agosto deste ano, no Bairro São João Bosco, em Porto Velho.

Na ocasião, a vítima e seu companheiro que carregava um bebê no colo, caminhavam em via pública, quando foram surpreendidos pelo criminoso, que passou a efetuar diversos disparos de arma de fogo contra as vítimas.

Para salvar o marido, Danielle se colocou na frente do homem, que estava com seu filho, para que o bebê não fosse morto e foi brutalmente executada com um tiro no peito.

Após matar mulher, o criminoso perseguiu, e atirou diversas vezes contra o companheiro dela, mas ele conseguiu fugir junto com o bebê, não sendo atingidos.

O motivo da tentativa de homicídio seria dívida de drogas, sendo os investigados apontados como traficantes daquela região, segundo a Polícia.

A delegada Leisaloma Carvalho, presidiu as investigações que identificaram os autores e partícipes da ação criminosa, representando pelas prisões e busca e apreensão nos endereça dos suspeitos.

O nome da operação “Matrem” significa mãe em latim e faz referência ao ato de sacrifício de Danielle ao se colocar como escudo da filha.

FONTE:  RONDONIAGORA.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com