Noticias

A Casa caiu, Emendas Parlamentares: Rodrigo Guerreiro entrega todo Mundo

Anúncios

Rodrigo Guerreiro tem delação premiada e revela os nomes dos políticos envolvidos no esquema de desvios das emendas parlamentares

O promoter de eventos artístico Rodrigo Mota de Jesus, preso durante a Operação Zagreu que foi desencadeada pelo Ministério Público, que constatou a existência de sólida e articulada associação criminosa instalada nos Poderes: Executivo e Legislativo, com o propósito de desviar verbas do erário, mediante o direcionamento de emendas parlamentares para entidades do terceiro setor, utilizadas como laranjas, para a realização de supostos eventos festivos públicos. Rodrigo Guerreiro que se entregou na última segunda-feira (15) no 1º DP de Ji – Paraná e após os procedimentos legais foi recolhido a uma cela do Presídio central, permaneceu apena uma noite na unidade carcerária e na manhã de terça-feira (16) foi recambiado para Porto Velho por homens do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO para prestar depoimentos aos promotores de Justiça que investigam o esquema criminoso que lesou os cofres públicos em mais de R$ 4 milhões de reais através de emendas parlamentares para a realização de eventos gospel.

Durante 5 (cinco) horas Rodrigo Guerreiro acompanhado pelos seus advogados Odair Jose e Juan Manuel Quiros Sadir prestou depoimento o acusado resolveu colaborar com a Justiça ou seja a delação premiada. Rodrigo revelou nomes de envolvidos com a suposta organização criminosa em troca de benefícios, como perdão judicial ou diminuição da pena.

A estrutura hierárquica e a divisão de tarefas da organização criminosa foram reveladas aos promotores de Justiça por Rodrigo Guerreiro que declinou os nomes dos agentes públicos envolvidos no esquema criminoso. Segundo um dos advogados do acusado Dr. Odair José novos fatos virão a luz da verdade, mas o operador do Direito preferiu não revelar os nomes dos deputados estaduais que segundo Rodrigo Guerreiro teve participação ativa no esquema assim como de outras pessoas que tem na lista funcionários graduados de órgãos públicos: estadual e municipal. Após o depoimento Rodrigo Guerreiro foi recolhido a uma cela de triagem no Presídio Urso Branco onde ficará a disposição da Justiça a defesa do mesmo já estuda a impetrar um habeas corpus. A cópia do depoimento de Rodrigo Guerreiro vamos disponibilizar em breve aqui no site.

O que é a delação premiada?

É um acordo firmado com o Ministério Público  pelo qual o réu ou suspeito de cometer crimes se compromete a colaborar com as investigações e denunciar os integrantes da organização criminosa em troca de benefícios, como redução da pena. Essa colaboração está prevista na lei 12.805, de 5 de agosto de 2013.

Fonte:ouropretoonline.com

 

 

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com