Esporte

Na estreia de Felipão, Cruzeiro bate Operário-PR e respira na Série B

Raposa não fez  grande jogo, mas conseguiu encerrar  sequência de quatro jogos sem vencer na competição nacional

A estreia de Luiz Felipe Scolari no Cruzeiro foi do jeito que desejava o torcedor celeste: com vitória. Mesmo em outra jornada de fragilidade ofensiva, a equipe mineira conseguiu vencer o Operário-PR por 1 a 0, gol de Arthur Caike, nesta terça-feira, 20 de outubro, em Ponta Grossa, pela 17ª rodada da Série B do Brasileiro.

O resultado tirou o time azul da penúltima colocação, que subiu para 17ª posição, com 16 pontos, a um ponto do primeiro fora da zona do rebaixamento. A equipe paranaense caiu para 10º, com 22 pontos.

Mudanças na escalação

Felipão optou pela volta de Marcelo Moreno no lugar de Sassá e um esquema 4 4 2, com dois homens de frente, dois volantes e dois criativos para tentar fazer o time voltar a vencer na competição. O Operário até tentou colaborar, dando espaços para o Cruzeiro, mas Arthur Caike e Moreno não tinham boa produção diante da zaga do Fantasma.

O torcedor do Cruzeiro respirou aliviado com os três pontos, que não vinham desde o triunfo sobre a Ponte Preta, há quatro partidas. Felipão terá mais tempo de conhecer o elenco, pois o time celeste só volta a jogar no domingo, 25 de outubro, diante do Náutico, no Recife.

Se o time ainda está longe do ideal, na estreia, a sorte do técnico da Raposa veio à tona em sua volta ao Cruzeiro, começando o trabalho com o “pé direito”.

A Raposa volta a campo no domingo, 25 de outubro, às 16h, no Estádio dos Aflitos, contra o Náutico, no Recife. O Operário encara a Chapecoense na sexta-feira, 23, às 21h30, em Chapecó, na Arena Condá.

OPERÁRIO-PR 0 X 1 CRUZEIRO
Data-Horário: 20 de outubro, às 21h30
Estádio-Local: Germano Kruger, Ponta Grossa(PR)
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Leonardo Sígari Zanon(Ambos da BA)
Cartões amarelos: Matheus Pereira(CRU), Douglas Coutinho(OPE), Sávio(OPE), Adriano(CRU), Ricardo Silva(OPE), Marcelo(OPE), Peixoto(OPE)

Gol: Arthur Caike, aos 39’-2ºT(0-1)

Operário-PR: Thiago Braga; Sávio, Bonfim, Ricardo Silva e Peixoto; Leandro Vilela(Jean Carlo, aos 21’-2ºT), Marcelo, Thomaz(Diego Cardoso, aos 28’-2ºT); Douglas Coutinho, Jefinho(Batatinha, aos 37’-2ºT) e Maranhão(Fabiano, aos 28’-2ºT) Técnico: Gérson Gusmão

Cruzeiro: Fábio; Rafael Luiz, Ramon, Cacá e Matheus Pereira; Jadsom, Adriano, Régis(Airton, aos 20’-2ºT); Marquinhos Gabriel(Maurício, aos 26’-2ºT), Arthur Caike(Jadson, aos 44’-2ºT) e Marcelo Moreno. Técnico: Luiz Felipe Scolari

FONTE: LANCE

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

About the author

Marcio Martins martins

Add Comment

Click here to post a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese