Geral

Presidente do partido Social diz que “Governo da Cooperação” jogou o nome do Estado na Lama

Anúncios

“enquanto o governador fica no interior participando das feiras agropecuárias, o portovelhense, como se estivesse levado um tapa na cara, sente saudades da EXPOVEL”

O Jornalista Gomes Oliveira, presidente Regional do Partido Social, ao usar a palavra na manhã deste sábado, no encontro Regional do Partido Republicano Brasileiro (PRB) nas dependências da Câmara Municipal de Vereadores de Porto Velho, falou que o Governo da Cooperação de Confúcio Moura, jogou o nome do estado na lama, e que Rondônia parou no tempo.

“O governo da cooperação de Confúcio Moura, efetua o pagamento dos servidores públicos estaduais, e pronto, já coloca na mídia, como se isso fosse uma coisa de outro mundo”, ora isso é mais que obrigação, parece que ele está dando uma alfinetada em seu aliado de primeira hora o senador Raupp, que nem isso fez, pois atrasou a folha em seis meses. ” Disse o presidente,

Continuando o pronunciamento, o presidente falou que Rondônia parou no tempo, os índices sociais despencaram, os econômicos, salvas raríssimas exceções estão no chinelo, os educacionais é uma vergonha, sem falar nas operações da polícia federal que causou muita dor de cabeça a assessores mal intencionadas do governador. Com um orçamento de mais de Sete Bilhões de Reais, o governo da cooperação demonstrou que é um mal gerente, pois o estado parou no tempo

Confúcio Moura, segundo as pesquisas, é um governador reprovado, é quem é reprovado não merece passar de ano, é o que indica todas as pesquisas sérias feitas em Rondônia. Essa rejeição absurda do governador deve ao fato de que seu governo envergonhou o nome do estado, devido as ações desastrosas de sua equipe de trabalho,

Capital sofreu com o governo de Confúcio Moura

Porto Velho, padeceu muito no governo de Confúcio Moura, falou Gomes Oliveira, enquanto o governador fica no interior participando das feiras agropecuárias, o portovelhense, como se estivesse levado um tapa na cara, sente saudades da EXPOVEL, evento que gerava milhares de emprego, e dividendos para os pequenos empresários, sem falar no enfraquecimento da festa do Flor do Maracujá”, no Estádio de Futebol Aluísio Pinheiro, que está jogado as moscas, e para mostrar sua ojeriza a capital o governador extingui a Secel ( Secretária de Culta e Esportes da Capital.

Para terminar o presidente Social falou que o povo do estado tem a oportunidade de no dia das eleições deste ano, mostrar seu descontentamento com o atual modelo de administração do Estado.

Da Redação Folha

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com