Esporte

Fifa anuncia suspensão de 9 jogos, banimento de 4 meses, e Suárez está fora da Copa do Mundo

Luis Suárez está fora da Copa do Mundo-2014, e muito mais. Acusado de morder o zagueiro italiano Chiellini, o atacante da seleção do Uruguai foi punido nesta quinta-feira pela Fifa com uma suspensão de nove partidas. Como o máximo que a Celeste ainda pode disputar nesta edição do Mundial são quatro jogos, o camisa 9 não poderá mais atuar.

Além disso, Suárez está banido de qualquer atividade relacionada ao futebol pelo período de quatro meses, e está sujeito a multa no valor de 100 mil francos suíços (R$ 271 mil). O jogador não poderá sequer estar presente em estádios de futebol ou atuar pelo seu clube, o Liverpool.

“Este tipo de comportamento não pode ser tolerado em nenhum campo, particularmente na Copa do Mundo, com olhares de milhões de pessoas. O Comitê Disciplinar levou em consideração todos os fatores e o comportamento de Luis Suárez”, afirmou, em nota, o presidente do Comitê Disciplinar, Claudio Sulser.

Suárez foi enquadrado em dois artigos: 48 e 57. O primeiro diz respeito a condutas impróprias contra adversários, e o segundo descreve comportamento andidesportivo.

Em comunicado, a Fifa mencionou que o banimento se refere, inclusive, a processos administrativos referentes a futebol. A porta-voz da entidade, Delia Fischer, não soube informar se a punição impede Suárez de tranferir-se para outro clube na próxima janela.

A decisão da Fifa leva em consideração a atitude intempestiva do craque do Liverpool no duelo contra a Itália, na Arena das Dunas. Durante a vitória por 1 a 0 da seleção celeste, Luís Suárez mordeu o ombro do zagueiro italiano Giorgio Chiellini. O ato hostil do camisa 9 uruguaio, entretanto, foi flagrado apenas pelas câmeras de televisão; o árbitro Marco Rodríguez não viu o lance.

A Fifa, que já puniu o camaronês Alex Song com três jogos de suspensão – agressão ao croata Mario Mandzukic no duelo contra a Croácia -, estudou as imagens da televisão para decidir sobre o futuro de Suárez no Mundial. A entidade permitiu ao Uruguai apresentar a defesa até a tarde da última quarta-feira.

Para tentar amenizar (ou impedir) a punição à principal estrela da delegação, a Federação Uruguaia trabalhou em um documento no qual descarta o dolo do jogador a Chiellini. O presidente Wilmar Valdez reclamou até de perseguição a Suárez, que já cometeu o mesmo ato duas vezes – uma com a camisa do Ajax e outra com a do Liverpool.

“O futebol é um esporte físico. Se o árbitro toma uma decisão com base em uma certa compreensão eu acho que é realmente difícil julgar depois em um escritório. Quando é algo realmente sério, eu não acho que é ruim a FIFA interferir, mas quando é assim, uma colisão no ar, eu não acho que deve ser julgado. A boca do Suárez bate no ombro do outro jogador”, disse.

Todavia, não apenas o responsável pela defesa do atacante se pronunciou. O zagueiro Diego Lugano, grande líder do elenco, foi outro a reclamar de perseguição; o veterano adotou uma postura hostil diante de um jornalista inglês ao ser questionado sobre a atitude do camisa 9.

Até o presidente uruguaio, José Mujica, saiu em defesa da grande estrela do país no Mundial. “Eu não vi que ele tenha mordido alguém, mas eles acertam cada pontapé e cada pancada! Não o escolhemos para ser filósofo, nem para mecânico, nem para que tenha bons modos; é um excelente jogador”, discursou.

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
Tags

About the author

Gomes Oliveira

Add Comment

Click here to post a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

COMPARTILHE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLITICA

TEIA DIGITAL

DIRETO DE ROLIM

TEMPO REAL

PUBLICIDADE

Instagram

Instagram has returned empty data. Please authorize your Instagram account in the plugin settings .
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
pt_BRPortuguese