Geral

Serviços de pavimentação asfáltica na Estrada da Penal atendem três presídios em Porto Velho

O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER-RO), finalizou os serviços de recapeamento e sinalização em seis quilômetros da RO-005, conhecida como Estrada da Penal, em Porto Velho.

Os trabalhos de asfaltamento atenderam a entrada de três presídios do complexo penitenciário, o Aruana, Jorge Tiago (603) e Milton Soares de Carvalho (470).

Executados pelas equipes da Usina de Asfalto e Gerência de Ações Urbanísticas (GAU), os serviços na Estrada da Penal receberam constantes visitas do diretor-geral do DER, Elias Rezende, e do governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha.

Elias Rezende esteve, nesta sexta-feira (26), acompanhando de perto os trabalhos de pavimentação nas entradas dos presídios, afirmando que as constantes visitas nas frentes de serviço do departamento tornam os trabalhos mais eficientes, garantindo qualidade e economicidade nas execuções, além de combater situações burocráticas que muitas vezes impediam a obra de avançar com celeridade.

O diretor-geral do DER, Elias Rezende, esteve nesta sexta-feira (26) acompanhando de perto os trabalhos de pavimentação

“Mesmo em meio a pandemia, além deste período de constantes chuvas, conseguimos cumprir mais uma missão do governador do Estado, de garantir qualidade na trafegabilidade nesses seis quilômetros da Estrada da Penal. Por aqui não se vê mais lamaçal, poeiras e buracos. Ao visitar as obras desta via na última sexta-feira (19), o governador identificou a necessidade de pavimentar as entradas de acesso aos presídios e, aqui estamos, cumprindo mais esta etapa da obra”, destaca o gestor do DER.

O diretor do presídio Milton Soares de Carvalho, o policial penal Guilherme Barreto Aguiar, aproveitou para agradecer ao governador Marcos Rocha.

“Quando vi a equipe do DER trabalhando aqui na Estrada da Penal, a satisfação foi imensa. Antes, os buracos atrapalhavam a rotina de trabalho dos policiais penais. O asfalto que está sendo feito nas entradas dos presídios melhora muito a nossa infra-estrutura, pois aqui o fluxo de veículos é grande, já que são cerca de 25 policias que trabalham só no 470, sem contar com os outros presídios, visitantes, advogados e outras autoridades que vêm por aqui. Agora, a realidade como estamos vendo é outra bem diferente, ou seja, estamos vendo o trabalho concluído”, disse Guilherme.
FONTE: SECOM/RO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com