Geral

Advogado e professor da UNIRON teria sofrido surto psicótico, destruiu escritório e depois teve mal súbito

Anúncios

Informações colhidas por agentes da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida e pericia técnica do Instituto Médico Legal (IML), preliminarmente apurou, que o professor de direito e também advogado Wanderlan da Costa Monteiro, 35, encontrado morto em seu escritório de advocacia na ultima segunda-feira (27), teria sofrido um surto psicótico, onde quebrou parte de seu local de trabalho e em seguida morreu decorrência de um mal súbito.

Os investigadores descartaram que a vítima teria cometido suicídio e trabalham com outras linhas de investigação. O local onde o corpo foi encontrado estava todo revirado com moveis quebrados. O corpo foi encontrado por funcionários do local, que teriam ido chamar Wanderlan para almoçar. A polícia continua nas investigações para apurar as causas reais da morte.

O corpo do advogado está sendo velado na Loja Maçônica Quéops, localizada na avenida amazonas, o enterro acontece nesta terça (28), no Cemitério de Santo Antônio.

FONTE: JH NOTÍCIAS

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com