Extra

Detran de Rondônia incentiva uso de aplicativo digital para a emissão de documentos

O uso da versão digital de documentos oficiais, como o Certificado de Registro de Veículo (CRV) e o Certificado de Licenciamento Anual (CLA), está sendo cada vez mais incentivado pelo Detran de Rondônia. A ideia é diminuir o movimento nestes órgãos públicos e, além de esvaziar o atendimento, também eliminar algumas burocracias da rotina das pessoas. Isso mostra que o estado está investindo em peso no maior uso dos smartphones para essas situações.

Desde o anúncio oficial da digitalização desses documentos, que aconteceu no início deste ano, o órgão responsável pela fiscalização do trânsito de veículos em Rondônia está buscando meios de incentivar o maior uso das ferramentas digitais. No caso da emissão do CRV e do CLA, por exemplo, a documentação virtual é fácil de ser retirada e enviada para as pessoas, o que facilita a vida dos cidadãos.

Por conta disso, o Detran estabeleceu que a versão digital desses documentos será a forma padrão de emissão. A instrução é que as pessoas usem o aplicativo CNH Digital, que já é usado para a própria Carteira Nacional de Habilitação (CNH), para conseguir também os outros documentos necessários para quem é dono de veículo. Ou seja, é mais um órgão público da região que usa essa tecnologia para eliminar burocracias.

Outro documento que também pode ser usado na forma digital, isso desde 2017, é o título de eleitor. Naquele ano, a Justiça Eleitoral lançou o aplicativo e-Título para fazer com que as pessoas pudessem votar nas eleições de 2018 levando apenas o smartphone, e não mais os vários documentos em papel. A tendência é que mais serviços fiquem assim no futuro, o que é uma boa notícia para quem usa celular.

Smartphones no Brasil

Para que esses serviços sejam eficientes e alcancem toda a população, é necessário que os smartphones ganhem cada vez mais espaço em Rondônia e em todo o Brasil. Segundo números divulgados pela FGV, existem mais de 230 milhões de smartphones ativos no país, que é considerado um dos maiores mercados desse dispositivo no mundo. Ou seja, é uma área com grande potencial para diferentes usos.

Atualmente, o principal uso que as pessoas dão para os smartphones são as famosas redes sociais. Cerca de 82% dos donos de celular passam a maior parte do tempo acessando aplicativos como o Facebook, o Instagram e o Twitter. Uma porcentagem considerável, e que explica um pouco da rotina do brasileiro com esses aparelhos. Outro uso crescente são os jogos digitais, que aparecem como a atividade preferida de 11,8% dos donos de celulares. Os principais sites de cassino online, como a Casinoin e a Slottojam listados na casinos.pt, por exemplo, oferecem todos os tradicionais jogos de apostas otimizados para uso nos dispositivos móveis sem perder nenhuma qualidade. A mesma coisa acontece com os serviços de streaming, desde a Netflix até a recém-chegada Disney Plus. Esses serviços possuem plataformas adaptadas para quem usa o smartphone para ver filmes, documentários e séries. Assim, essas apps aparecem sempre na lista de mais baixados nas lojas virtuais da Apple e da Google.

Acesso à internet

Outro ponto importante é o maior acesso à internet no país, que é essencial para que as pessoas possam usufruir de todo o potencial dos smartphones. Seja para emitir os documentos no aplicativo CNH Digital, ou então para jogar online, uma conexão de qualidade é essencial para tudo funcionar. Em Rondônia, por exemplo, ainda existem algumas regiões que não possuem acesso, o que é um problema grave.

Em notícia divulgada no início do ano passado, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) confirmou que oito dos 52 municípios do estado ainda não possuíam nenhum sinal em 4G. Ou seja, nenhuma das grandes operadoras privadas forneceu esse serviço por lá, causando um atraso considerável. Para remediar isso, a agência federal tem buscado incentivar a chegada desses serviços nas regiões afetadas.

As novas tecnologias estão acabando com muitas burocracias no Brasil, principalmente em órgãos que possuem problemas de atendimento. O Detran de Rondônia é um bom exemplo, pois

a emissão de documentos digitais pode desafogar muitos dos atendimentos presenciais. Uma notícia excelente, mas que precisa de participação do estado para que estes serviços digitais estejam ao alcance de todos. Para isso, os celulares e a internet precisam chegar às mãos de 100% dos rondonienses.

FONTE: ASSESSORIA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com