Cidades

CAPITAL: Setor de bares restaurantes apresenta contribuição para a recuperação econômica

Agência de Desenvolvimento de Porto Velho coordena ciclo de encontros para estreitar diálogo com setor produtivo

Restaurante e bares foram impactados pela pandemia da Covid-19Reunidos virtualmente, na quinta-feira (8), para debater propostas que contribuam com a recuperação da economia após o controle da pandemia de Covid-19, os representantes do setor de bares e restaurantes indicaram a necessidade de mudanças na legislação e desburocratização de serviços. Na pauta de sugestões incluíram, ainda, a redução de tributos e o fortalecimento do turismo para dar fôlego ao comércio gastronômico local.

As reuniões são coordenadas pela Agência de Desenvolvimento de Porto Velho (ADPVH) e fortalecem o diálogo entre a Prefeitura de Porto Velho e o setor econômico.

Como interlocutores do segmento, participaram da reunião representantes da Associação Comercial e Empresarial de Porto Velho (Acep), da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/RO), empresários do setor, entre outras lideranças.

Valdir Vargas, presidente da Abrasel, disse durante o encontro que a entidade defende a adequação da carga tributária, prorrogação de prazos, suspensão de execuções fiscais e de tributos, entre outros itens que, segundo ele, serão importantes para que o setor se recupere após a pandemia. Ele manifestou que a Prefeitura de Porto Velho merece reconhecimento pela iniciativa de dialogar com os empresários.

Os debates em torno do futuro da economia municipal, com foco no período pós-pandemia, atendem a uma orientação do prefeito Hildon Chaves para que o setor produtivo seja consultado.

Nos últimos dias, a Agência de Desenvolvimento de Porto Velho manteve encontros com representantes da panificação, construção civil, educação, turismo e hotelaria.

A partir das demandas dos empresários, a Agência pretende desenvolver ações, juntamente com as secretarias municipais, de melhorias tanto na legislação quanto nos processos, incluindo a desburocratização das atividades no âmbito do Programa Cidade Empreendedora.

COMPETITIVIDADE

“Os encontros realizados até agora permitem uma compreensão de como o poder público pode gerar eficiência e melhoria na prestação de serviços e legislação, por exemplo, a partir da ótica dos empresários”, avaliou o diretor técnico da Agência, Guilherme Gonzales.

Os encontros contribuem para melhorar o ambiente de negócio em Porto VelhoOs encontros contribuem para melhorar o ambiente de negócio em Porto VelhoEle também destacou que os debates contribuem para melhorar o ambiente de negócio em Porto Velho, tornando-o mais eficiente e competitivo.

“A Prefeitura de Porto Velho, por meio da Agência, assume este compromisso por entender a necessidade de preparar a cidade para a retomada econômica num cenário pós-covid. É um trabalho extenso, mas estamos focados em contribuir com a gestão e com o desenvolvimento de Porto Velho”, concluiu Guilherme Gonzales.

O próximo encontro ouvirá o setor dos lojistas e está programado para o dia 13/04 às 16h. Os interessados devem se inscrever pelo link https://www.sympla.com.br/encontro-setorial–lojistas__1172942

No dia 15, também às 16h, é a vez do setor de vestuário, com inscrições pelo link https://www.sympla.com.br/encontro-setorial–vestuario__1173006. As inscrições são gratuitas.

FONTE: ASSESSORIA COMDECOM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLÍTICA

TEIA DIGITAL

TEMPO REAL

DIRETO DE ROLIM

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com