Tempo Real

ARTIGO – Por uma OAB mais moderna, inovadora e inclusiva por; Márcio Nogueira

Mais do que nunca, o advogado precisa ter o apoio da Ordem para se aperfeiçoar, enfrentar os desafios impostos pela nova realidade e prosperar na bela profissão que abraçamos

Eu sou Márcio Nogueira, nasci em Guajará-Mirim, tenho 40 anos e sou advogado desde os 23. Meu filho tem o mesmo nome do meu pai, Antônio, e minha mãe se chama Fátima.

Com eles aprendi desde cedo o valor do trabalho. Com a força deles e de todos os que vivem e labutam nesta terra, posso olhar nos olhos de cada colega advogado e advogada de Rondônia e dizer: é chegado o momento de darmos o primeiro passo rumo à transformação que a Ordem dos Advogados do Brasil tanto anseia e precisa.

Passamos por momentos muito difíceis com a pandemia de covid-19. Tivemos que nos reinventar para exercer nossa profissão com o distanciamento social, sem ter acesso aos fóruns, aos nossos escritórios e, principalmente, aos nossos clientes.

Nesse cenário, a necessidade de uma reinvenção ficou ainda mais latente para todos nós. O mundo, a forma de prestação de serviços e as pessoas estão mudando. Natural e imperioso, portanto, que a advocacia também precise mudar.

Mas quando falo em mudar, não me refiro a desviar o rumo da gestão que nos últimos anos vem sendo brilhantemente realizada na OAB/RO pelo atual presidente, Elton Assis, e pelo seu antecessor, Andrey Cavalcante.

Falo em mudar a forma de advogar, de entender esse novo mundo e de nos adequarmos a ele. Essa mudança à qual eu e o eu Movimento Juntos Pela Advocacia nos referimos diz respeito a construir a advocacia dos novos tempos, mais inclusiva e participativa, que ajude o advogado em seu dia a dia.

Para isso, temos o compromisso de implantar dois aplicativos para facilitar o atendimento e a rotina dos profissionais (OAB na Mão e Justiça Aberta), uma incubadora para recém-compromissados, uma aceleradora para advogados já no mercado, um programa de incentivo à mediação e arbitragem e uma uma central de atendimento de prerrogativas e prestação jurisdicional.

Também estão na nossa plataforma as propostas de redução da anuidade, escritórios virtuais gratuitos e postos do INSS específicos para advogados em todas as sedes da OAB/RO, mais fiscalização contra o exercício ilegal da advocacia e paridade de gênero em todas as comissões da Ordem.

Com o apoio de profissionais valorosos, muitos dos quais importantes lideranças em suas regiões e áreas de atuação no direito, decidi ser candidato à presidência da OAB, entidade à qual sirvo com toda minha dedicação há 9 anos, porque tenho a convicção de que precisamos fazer essa virada na advocacia.

Mais do que nunca, o advogado precisa ter o apoio da Ordem para se aperfeiçoar, enfrentar os desafios impostos pela nova realidade e prosperar na bela profissão que abraçamos.

Não podemos permitir que a OAB retroceda e volte a tempos de instabilidade financeira, administrativa e jurídica, sem o verdadeiro respeito e a ampla representatividade necessários. Nossa Ordem merece seguir avançando com novas conquistas.

Representamos uma nova advocacia que vai trabalhar para atender a todos, incluindo a sociedade, tão ávida por justiça. Queremos que todos vocês se sintam representados, ouvidos e valorizados.

Vamos construir, juntos, uma nova OAB para todos e todas em Rondônia, ainda mais inclusiva, participativa e inovadora.

Não digo isso por demagogia ou discurso eleitoreiro. Falo isso por compromisso e senso de responsabilidade com meus colegas profissão: podem ter certeza de que isso é possível e será feito. A nossa OAB merece a chapa 10.

Márcio Nogueira é candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Rondônia

FONTE: ASSESSORIA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com