Teia Digital

VENDAS DE BENS DURÁVEIS TEM CRESCIMENTO EM 2017 – por Silvio Persivo

Anúncios

Digital sim, mas, com cultura. “Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever – inclusive a sua própria história”  (Bill Gates).

LABRINTECA INICIA ATIVIDADES COM OFICINA

Hoje,  dia 19 e amanhã, 20 de julho, será realizada a primeira oficina ofertada pelo Labrinteca Trata-se de oficina denominada “Engenharia de Papel envolvendo a literatura infantil”.   O Laboratório do Brinquedo e da Ludicidade (LABRINTECA) da Fundação Universidade Federal de Rondônia é um laboratório didático e de pesquisa do Curso de Pedagogia, vinculado ao Departamento de Ciências da Educação e está sob a coordenação da Profa. Dra. Juracy Machado Pacífico. Atua na área de Educação envolvendo outras disciplinas e níveis de ensino, tais como a didática, psicologia, psicomotricidade, tecnologia educacional, infância, educação infantil e ensino fundamental. Entre os principais objetivos do Labrinteca, estão a valorização do lúdico e a ampliação da concepção do brincar, contribuindo para o fortalecimento de propostas pedagógicas que atendam à educação infantil e aos anos iniciais do ensino fundamental. Na página oficial do Labrinteca –  http://www.labrinteca.unir.br/ –  é possível acompanhar as atividades do laboratório. A alimentação da página será concluída em final de julho, mas,  já possui informações aos usuários do espaço. Em agosto mais um curso será iniciado, intitulado “Práticas Pedagógicas envolvendo a literatura infantil”.

A CARAVANA DA BR 319 ENTREGA CERTIFICADOS DE PARTICIPAÇÃO

A Caravana dos Jornalistas, uma iniciativa do Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Estado de Rondônia-SERTERO com o apoio da Fecomércio/RO, que percorreu, entre 11 e 16 deste mês,  a BR-319-Porto Velho/Manaus, documentando seu estado para pedir sua conclusão foi uma verdadeira saga de sucesso. Amanhã, 20, será feito, na sede da ACEP, um coquetel para entrega de certificados aos jornalistas e empresários que participaram. Realmente é indispensável que se faça uma campanha para sua conclusão. E isto é um consenso que já existe. Falta ter um consenso sobre a Ferrovia da Soja- Porto Velho/Sapezal que é a verdadeira alternativa para desafogar a BR-364 retirando o trafego pesado do transporte de soja de seu leito.

FRENTE FRIA SURPREENDEU PORTO VELHO

E, para a surpresa, e frio, de muita gente, ontem (18) a cidade de Porto Velho amanheceu com sol e um vento cortante que baixou a temperatura para 16º, o que comprovou a previsão do Sistema de Proteção da Amazônia que previa uma frente fria chegando no Estado.

REVITALIZAÇÃO DO FORTE PRINCÍPE DA BEIRA

O governo de Rondônia recebeu ontem, terça-feira (18), o diretor do Patrimônio Histórico e Cultural do Exército Brasileiro, general de brigada Severino de Ramos Bento, para debater a revitalização e preservação do bicentenário Forte Príncipe da Beira, situado na margem direita do rio Guaporé, na fronteira Brasil-Bolívia. O monumento, uma das maiores obras da engenharia militar portuguesa, foi construído para defender o território brasileiro da ofensiva dos colonizadores espanhóis, a partir de 20 de junho de 1776, por determinação da coroa portuguesa. A revitalização faz parte das ações governamentais visando à comemoração da Operação Rondônia Cinquentenário.

DUAS CAPITAIS DA AMAZÔNIA COM PERSPECTIVAS DESIGUAIS  

Cerca de 68,5% dos consumidores de Manaus disseram que a economia, agora, está pior que no ano passado e 47,5% possuem a expectativa que nos próximos seis meses estará um pouco ou muito pior do que a atual. É um dado da Pesquisa de Intenção de Consumo elaborada pela Fecomércio-AM (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas) para o mês de junho. É uma situação muito diferente de Porto Velho onde, no mesmo mês, somente 27,4% consideram que, este ano, as coisas estão piores que no ano passado e 56,6% acham que, nos próximos seis meses, a situação estará igual ou melhor que no ano passado. A diferença se explica muito mais pela dependência da capital manaura da indústria onde, pelo quinto mês consecutivo, o PIM (Polo Industrial de Manaus) registrou redução no índice de postos de trabalho.  Conforme o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados, no mês de junho, a indústria de transformação teve um saldo negativo de 222 postos de trabalho, na redução entre admitidos e desligados. A variação negativa foi de 0,22% em relação ao mês anterior. Porto Velho, embora se ressinta da crise, é beneficiada pelo agronegócio que apresenta bons resultados.

VENDAS DE BENS DURÁVEIS TEM CRESCIMENTO EM 2017

O mercado de bens duráveis movimentou R$ 39,5 bilhões, nos primeiros cinco meses de 2017, 12% a mais do que os R$ 35 bilhões de 2016- aponta o estudo da GfK, um dos mais importantes institutos de pesquisas que atendeu ao EletrolarShow 2017. As categorias de telecom, linha branca, linha marrom, informática e eletroportáteis aumentaram em 10% suas vendas, 12% no faturamento e 2% no preço, mostra o estudo. No primeiro trimestre, os smartphones lideraram as vendas, crescendo 23%, em sentido contrário ao 1º trimestre de 2016, quando tiveram uma redução de 34% em comparação com o primeiro trimestre de 2015. A participação de aparelhos com tecnologia 4G, por exemplo, passou para 75,6% nestes cinco meses do ano, o que mostra também uma tendência dos consumidores procurarem aparelhos com mais recursos e capacidade.

SUCESSO DO MERCADO DE CÁPSULAS DE CAFÉ ABRE CAMINHO PARA O CHÁ

O mercado de cápsulas de café que correspondeu, em 2016, a 0,6% do volume consumido no Brasil num total de 980 mil de toneladas, segundo a projeção da Euromonitor, deve até 2019, chegar a 1,1% do volume, crescendo entre 2015 e 2019, 15,3% ao ano. A projeção indica ainda que o mercado de cápsulas deve movimentar 2,2 bilhões de reais e 12 mil toneladas de café até 2019. O crescimento com maior disponibilidade deste tipo de produto e os preços mais acessíveis serão os grandes impulsionadores deste segmento. O que é muito bom, pois,  as máquinas de café em capsula criaram um tipo de consumo que proporcionou um notável aumento no lucro dos produtores da bebida, por ser muito mais caro. Agora também o sucesso atraiu fabricantes de chás. A Aroma Selezione, está sendo pioneira no Brasil com capsulas compatíveis com as máquinas da Nespresso.

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com