Teia Digital

 PRODUÇÃO INDUSTRIAL CRESCE PELO SEGUNDO MÊS – por Silvio Persivo

Anúncios

É sempre possível. “Devíamos poder sonhar com as criaturas que nunca vimos e gostaríamos de ter visto…” (Cecília Meirelles).

SÃO JOÃO NA UNIR

A Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR)  promove o seu Arraial no próximo sábado, 15 de julho, a partir das 19 horas. E, este ano, os

eventos serão simultâneos e acontecerão em Porto Velho, no Mercado  Cultural, no centro de Porto Velho; em Cacoal, no Campus, e em Rolim de Moura, também no Campus Universitário. As três festas terão comidas típicas, barracas temáticas, quadrilha, música ao vivo e muita descontração, já que servidores, técnicos e docentes, e acadêmicos comemorarão os 35 anos da Universidade.  A pró-reitora de Cultura, Extensão e Assuntos Estudantis, Marcele de Oliveira, ao se referir aos arraiais da UNIR, afirmou que os eventos serão, além de ótimas oportunidades de descontração e lazer, verdadeiros acontecimentos culturais com a valorização dos costumes e crenças regionais.

RALLY DA PECUÁRIA CHEGA EM PORTO VELHO

A Equipe 5 do Rally da Pecuária 2017 chega em Porto Velho  na terça-feira, dia 18, e realiza evento técnico para produtores do Estado na quarta, dia 19, na Associação Rural do Estado. Conforme levantamento efetuado pela expedição no ano passado, em Rondônia, os produtores com produtividade em torno de 12 arrobas/hectare/ano (@/h/ano) concentraram 81% das vendas de animais para abate. Em todo o país, cerca de 20% dos pecuaristas que responderam à pesquisa do Rally em 2016 registraram produtividades acima de 18 @/h/ano e concentraram 50% das vendas. “No evento que realizaremos em Ji-Paraná, vamos orientar o produtor em relação às necessidades e desafios que ele tem pela frente, além de abordar todos os temas relevantes na atualidade, como perspectivas de preços e impactos nos resultados”, explica Maurício Palma Nogueira, coordenador do Rally da Pecuária. A Equipe 5 destinará mais tempo na região do Vale do Guaporé, no Estado, onde serão avaliadas as pastagens e a intenção de suplementação de alta tecnologia – confinamento e terminação intensiva a pasto. Os técnicos deixarão o Estado na sexta-feira, dia 21, seguindo para o Mato Grosso.  O Rally da Pecuária 2017 teve início em 08 de maio no Rio Grande do Sul, com a Equipe 1. Na sequência, a Equipe 2 percorreu o Oeste e Norte do Paraná, o Oeste de São Paulo e chegou ao Triângulo Mineiro. Nesse percurso, os técnicos realizaram quatro eventos oficiais e seis oficinas de produtividade.

CHEF DE PORTO VELHO NO FESTIVAL FARTURA

O Chef executivo do Jarude Restaurante, Diogo Sabião, mestre gourmet formado pelo colégio de gastronomia Gato Dumas, vai participar do Festival Fartura – Comidas do Brasil, um dos maiores projetos de pesquisa de gastronomia do país, que acontece nos próximos dias  15 e 16 de julho, em São Paulo. Sabião vai apresentar um prato de peixe típico da cultura regional rondoniense, o pirarucu, ao molho de tucupi e jambu, acompanhado de banana da terra na manteiga e farofa de castanha.  No evento, que deve reunir 80 atrações gastronômicas de todo o Brasil, Diogo Sabião também ensinará os segredos da culinária regional, com uso de ingredientes típicos da região amazônica.

PRODUÇÃO DE MOTOCICLETAS DEVE TER CRESCIMENTO DE 2,5% NO AMAZONAS

Na esteira da queda de produção industrial do Amazonas, na contramão do crescimento nacional, a produção de motocicletas teve uma queda de 38,5% no mês de junho em comparação ao ano anterior. Quando comparado ao mês de maio, a produção teve uma redução ainda maior de 35,3%. Os números são da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas. Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares). De acordo com a associação, as vendas das montadoras para o comércio varejista caíram 11% no 1º semestre na comparação com os primeiros seis meses de 2016. Em junho deste ano as fabricantes tiveram uma redução de 25,9% nas vendas para o varejo, quando comparado a igual mês do ano anterior. Em relação a maio a queda foi de 15,6%. A única notícia boa foi de que, no 1º semestre, o volume de exportações de motocicletas registrou um crescimento de 4,1% determinado pelas compras feitas pela Argentina. Os argentinos importaram 32.417 unidades, um total de 1.283 unidades a mais que no período de janeiro a junho do ano passado. Com isto, segundo o presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, “As exportações é que estão nos levando a manter a nossa projeção de crescimento de 2,5% na produção para este ano”.

 PREÇO E FRETE SÃO DETERMINANTES DAS COMPRAS ON-LINE

Fazer compras pela internet já é um hábito dos brasileiros, mas, o que determina este tipo de compra? Uma pesquisa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), revela que, para 60% dos entrevistados, o preço é o principal fator – já 39% citam o frete grátis e 27% tomam como base as avaliações de outros consumidores. O levantamento, feito com internautas que realizaram compras online no último ano nas 27 capitais, mapeia o processo de compras pela internet dos brasileiros e mostra que 97% já compraram mais de uma vez pelo mesmo site ou aplicativo, principalmente, devido a uma experiência anterior positiva (52%), a confiança na loja e/ou na marca (42%) e por possuir os melhores preços (37%). Na hora de escolher o site ou aplicativo para a compra, 56% dão preferências às lojas que já têm o costume de comprar, 49% buscam marcas conhecidas e 37% fazem pesquisa em sites que comparam preços e escolhem o de menor valor.

 PRODUÇÃO INDUSTRIAL CRESCE PELO SEGUNDO MÊS

Mesmo que o resultado não seja uma garantia de recuperação do setor, o fato da produção industrial brasileira ter crescido, em maio, pelo segundo mês consecutivo, e com uma alta generalizada entre as diversas atividades econômicas é um bom sinal. A alta em maio foi de 0,8%, o melhor desempenho para o mês desde 2011, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em abril, segundo dados revisados agora pelo instituto, o crescimento foi de 1,1%.

 CRESCE A PRODUÇÃO DE BENS DE CAPITAL

O crescimento na produção de bens de capital foi destaque no crescimento da indústria em maio. Um indicador do nível de investimento, a demanda por máquinas e equipamentos pegou carona na supersafra. Segundo o IBGE, o segmento de bens de capital acumula alta de 3,5% no ano. A produção de maquinário agrícola, como tratores e colheitadeiras, teve expansão de 24,8% no ano.

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com