Teia Digital

Escolhido projeto para água tratada e esgoto para Porto Velho – Por Silvio Persivo

Muitas informações e pouco saber os males do mundo são. “Nenhuma época soube tantas e tão diversas coisas do homem como a nossa. Mas em verdade, nunca se soube menos o que é o homem” (Martin Heidegger).  

RONDÔNIA E AMAZONAS SÃO OS MELHORES DA REGIÃO EM RANKING DE COMPETITIVIDADE DOS ESTADOS 2021

Anunciado que Rondônia obteve a 2ª colocação geral na Região Norte e a 16ª posição no “Ranking de Competitividade dos Estados” 2021, elaborado pelo CLP (Centro de Liderança Pública) em parceria com a Tendências Consultoria e a Seall, startup de gestão estratégica de impacto socioambiental e econômico. O melhor desempenho, setorial, do Estado foi o 5º lugar obtido em solidez fiscal, seguido do 8º em máquina pública e 12º lugar em potencial de mercado. As piores classificações ficaram por conta de sustentabilidade ambiental e capital humano, ambas em 27º lugar. Melhor que Rondônia, no Norte, apenas o Amazonas que saiu da 14ª para a 11ª colocação. Desta vez, o bom desempenho se deveu a melhoria de sete posições no pilar de Sustentabilidade Ambiental (12ª colocação), de três em Eficiência da Máquina Pública (5ª colocação) e de três no Potencial de Mercado. É uma colocação excelente na medida em que, por exemplo, Tocantins aparece na 19ª e outros estados da Amazônia Legal ficam da rabeira do Ranking, como, por exemplo, o Maranhão 23ª, Amapá 24ª, Pará 25ª. Acre 26ª e Roraíma 27ª posição. 

ESCOLHIDO PROJETO PARA ESGOTO E ÁGUA TRATADA DE PORTO VELHO 

Em coletiva à imprensa, com transmissão nas redes sociais, o prefeito anunciou a escolha do estudo apresentado pela empresa BRK Ambiental como o melhor modelo para atender as necessidades do município (sede e distritos). Para Hildon Chaves,  “Hoje nós damos um passo importante para a promoção do saneamento básico em Porto Velho. Não podemos permitir mais que a nossa população sofra e adoeça com um problema histórico que é falta de água e esgoto na capital”. Segundo o secretário-executivo do Conselho Gestor de Parceria Público-Privado, Márcio Freitas Martins, em 2018 a Prefeitura lançou o edital do Procedimento de Manifestação de Interesse PMI nº 001/2018 para que interessados elaborassem os estudos para atender as necessidades de Porto Velho no que diz respeito ao fornecimento de água tratada e esgotamento sanitário. As propostas foram analisadas por técnicos do Conselho Gestor de Parceria Público Privado (PPP), considerando os aspectos jurídicos, econômico-financeiro e técnicos, que em conformidade com as disposições do edital apresentaram as pontuações das empresas participantes. Agora estudo escolhido agora será disponibilizado nas plataformas da Prefeitura, ficando à disposição da sociedade. Além disso, serão realizadas audiências públicas com objetivo de assegurar a participação social, onde serão esclarecidas as questões técnicas, econômicas, financeiras e sociais envolvidas, garantindo a participação através de sugestões e questionamentos, inclusive com a participação dos órgãos de Controle e os interessados em participar do futuro processo licitatório.

BUSER INICIA OPERAÇÕES EM RONDÔNIA COM PREÇOS MAIS BAIXOS 

A Buser, a maior  plataforma de intermediação rodoviária do país, que utiliza um modelo conhecido como fretamento colaborativo – modalidade na qual os passageiros dividem a conta final da viagem -, está lançando viagens em território rondoniense desde quinta-feira (30 de setembro). A expectativa é transportar mais de 10 mil passageiros até o final da alta temporada, em janeiro de 2022, chegando a cerca de 50 mil passageiros em Rondônia ao longo do próximo ano. Além de trechos ligando as cidades de Porto Velho, Ariquemes e Ji Paraná, a Buser também vai estrear viagens partindo da capital rondoniense e chegando a Rio Branco, no Acre. Ao todo, serão quatro trechos no seu início. As saídas serão às segundas, quintas, sextas e domingo, a partir de pontos de embarque e desembarque estruturados nas cidades, fora das rodoviárias. Em média, as viagens vão custar até 60% mais barato do que na concorrência. O trajeto de Porto Velho (RO) a Rio Branco (AC), por exemplo, que sairá por R$ 69,90 na Buser, é vendido por mais de R$ 100,00 nas empresas regulares. Além disso, a plataforma distribuirá cupons nas redes sociais, site e aplicativo, com direito à primeira viagem grátis, como parte da estratégia para conquistar esse novo mercado. O lançamento em Rondônia faz parte de um plano maior de expansão no Norte, que também inclui estreia da Buser nos estados do Acre, Amazonas, Pará e Roraima. Ao todo, serão 24 trechos, conectando 13 novas cidades na região. Com isto, a empresa passa, oficialmente, a oferecer viagens em todos os 26 estados brasileiros e o Distrito Federal.  Para mais informações, acesse: www.buser.com.br. Com informações de Lauro Rocha do Novo Selo Comunicação. 

TURISMO DE NEGÓCIOS APRESENTA MELHOERS PERSPECTIVAS 

O retorno gradual do trabalho presencial, com o aumento da vacinação,  começa a ser acentuado, o está sendo registrado no setor de turismo de negócios. Um levantamento do buscador Kayak mostra que 46% dos brasileiros devem retomar as viagens corporativas até começo de 2022. Para 23,9% dos mil entrevistados este  retorno será feito até o fim deste ano, enquanto 22,1% acreditam que somente até o início de 2022. A pesquisa mostrou que, para quase 14% dos entrevistados, as viagens corporativas já voltaram. Com este cenário, as empresas do segmento começam a esboçar uma reação positiva, faturando R$ 351 milhões, o que corresponde a um avanço de 252,6% na comparação anual, segundo a Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas (Abracorp) em balanço de julho.

AUTOR: SILVIO PERSIVO –  COLUNA TEIA DIGITAL

  • A opinião dos colunistas colaboradores são de sua responsabilidade e não reflete necessariamente a posição da Folha Rondoniense

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com