Teia Digital

Crescem as vendas do comércio no primeiro semestre – Por Silvio Persivo

Morrer nós morreremos qualquer hora. “Tem gente aí respirando que está morto. Viver é ter prazer na vida, é ir em busca do que você gosta” (Marcelo Nova). 

PREFEITO SANCIONA REFIS MUNICIPAL

A Câmara de Vereadores de Porto Velho aprovou por maioria absoluta o Refis Municipal 2021, no último dia 13 de julho, e o prefeito Hildon Chaves 

sancionou o Programa de Estímulo à Regularização Fiscal de Contribuintes (Refis Municipal) que tem como o principal objetivo do programa é estimular a regularização de qualquer débito regulado pela Fazenda, como IPTU, TRSD e ISSQN, cujos vencimentos tenham ocorrido até 31 de dezembro de 2020. Segundo a prefeitura, os contribuintes que  tiverem dívidas com o Município podem receber descontos de até 100% em juros e multas ou parcelar em até 36 vezes o débito. No caso de pagamento à vista, o desconto de juros e multas é de 100%. Para pagamentos parcelados, o valor do desconto varia de acordo com o número de parcelas. O último Refis foi promovido pelo Município em 2019. Para renegociar a dívida é preciso aderir ao programa até 28 de dezembro de 2021. 

1º FÓRUM PERMANENTE DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

O Governo de Rondônia por meio da Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi) promoveu na quinta-feira (15), a primeira reunião do 1° Fórum Permanente Rondonienses das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Fromimpe). O Fórum é o palco de debates do tratamento dispensado às microempresas e empresas de pequeno porte, empreendedores individuais, agricultores familiares e afins, além de buscar soluções para o empreendedorismo e para o desenvolvimento. No fórum o superintendente da Sedi, Sérgio Gonçalves, apresentou o programa Proampe que estimula a economia e vida financeira dos empreendedores. Segundo a coordenadora de micro e pequenas empresa, Patrícia Portela, “O fórum tem papel fundamental, onde deve-se discutir e ouvir as demandas das micros e pequenos empresas para que possamos trabalhar em políticas públicas para ajudar essa classe na busca de soluções. Essa foi a primeira reunião e muito em breve vamos disponibilizar um calendário para a próxima reunião”. 

A EXPOSIÇÃO DA AGROINDÚSTRIA FAMILIAR ESTÁ DE VOLTA

A Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) divulgou que irá retomar no dia 30 de julho, as atividades de “Exposição da Agroindústria Familiar” no estacionamento do Palácio Rio Madeira (PRM), em Porto Velho, que ficou suspensa em decorrência da pandemia do coronavírus. A exposição voltará a ser realizada mensalmente, toda última sexta-feira de cada mês, das 8h às 15h. A exposição é uma parceira com a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater Rondônia), Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron) e Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel). E será a 5ª edição do evento com a participação de 21 expositores de agroindústrias familiares de todo o Estado. Na  exposição os servidores e visitantes poderão conhecer e adquirir,diversos produtos regionais da agricultura familiar como mel, leite e derivados, polpa de frutas, processados de açaí, embutidos e defumados, panificação, chocolates e doces, entre outros.

AMAPÁ INOVA COM EMPREENDEDOR DIGITAL 

A Junta Comercial do Amapá (Jucap) com o projeto Empreendedor Digital,  busca reduzir a burocracia na abertura de empresas e minimizar custos para empreendedores. A Jucap contou com a parceria de nove juntas comerciais de todo o Brasil, além de apoio do Sebrae e do Governo Federal, para implantar o projeto conta com um novo método, chamado de assinaturas avançadas, que permite assinar documentos eletronicamente por meio do Selo de Confiabilidade. A estratégia conseguiu desburocratizar o processo de formalização de negócios no país e reduzir custos. O novo método foi implantado no mês de março. Trata-se de uma opção gratuita para o cidadão, e comprova a autoria e a integridade do documento eletrônico. Nos primeiros meses da implantação das assinaturas avançadas no Amapá, foram realizados 2.202 registros de documentos, sendo 1.517 de microempresas, sem considerar os MEIs; 503 empresas de pequeno porte; e 182 dos demais portes. Entre essas empresas, 1.099 são do segmento do comércio; 144 da indústria e 989 do setor de serviços. O presidente da Jucap, Helder Santana, afirmou que o recurso é seguro, e mais prático ao empreendedor e que se sentia recompensado em poder ofertar ao cidadão o acesso a esta nova ferramenta.  Na somatória dos nove estados integrados ao projeto, foram realizadas entre março a junho, 389.540 assinaturas avançadas. Fazem parte do projeto o Ceará (Jucec), que preside o comitê gestor, Acre (Juceac), Amazonas (Jucea), Amapá (Jucap), Distrito Federal (Jucis – DF), Mato Grosso (Jucemat), Mato Grosso do Sul (Jucems)Rio Grande do Sul (Jucis – RS) e Roraima (Jucerr). Com este novo método as juntas buscam realizar quase todos os seus serviços por via digital baixando os custos, agilizando o processo e facilitando a vida dos empreendedores. 

CRESCEM AS VENDAS DO COMÉRCIO NO PRIMEIRO SEMESTRE

Houve um aumento das vendas no comércio brasileiro cresceram 10,1% no 1º semestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, segundo o Indicador de Atividade do Comércio. Este foi o maior crescimento semestral desde 2010, apontou a Serasa Experian, porém, é uma recuperação apenas parcial que ainda não compensa a forte queda da pandemia em 2020. O setor de móveis, eletrodomésticos, eletroeletrônicos e informática, com um crescimento de 13,6% no período, embora tenha havido uma retração nos setores de tecidos, vestuário, calçados e acessórios, com uma queda de 6,5% no período. Segundo o Indicador de Atividade do Comércio da Serasa Experian, em junho, teve uma alta de 1,1% frente ao mês anterior. O segmento de tecidos, vestuários, calçados e acessórios obteve um crescimento expressivo de 30,9%, o que impulsionou o resultado positivo do índice.

AUTOR: SILVIO PERSIVO –  COLUNA TEIA DIGITAL

  • A opinião dos colunistas colaboradores são de sua inteira responsabilidade e não reflete necessariamente a posição da Folha Rondoniense

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLÍTICA

TEIA DIGITAL

TEMPO REAL

DIRETO DE ROLIM

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com