Teia Digital

Aeroporto de Cacoal pronto para novos voos e Workshops sobre Lattes e APCNS da UNIR/RO – Por Silvio Perswivo

A principal razão da falência da cultura. “Não pode haver intelectuais se não houver leitores” (Jürgen Habemas).

INAUGURAÇÃO DA ILUMINAÇÃO DE NATAL DE PORTO VELHO

Para celebrar os eventos de final de ano, temporariamente, o complexo turístico da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM) será temporariamente aberto para visitação durante a temporada do Natal Luz. Os portões serão abertos às 17h do próximo domingo (5). A praça permanecerá funcionando todos os dias, das 17h às 22h, até o dia 06 de janeiro. A solenidade de abertura oficial do Natal com o acender das luzes, queima de fogos e apresentação da Orquestra Villa-Lobos vai acontecer no complexo da EFMM, no domingo (5), a partir das 19h. O espaço será decorado com pontos de luz, túnel iluminado, árvore de Natal com 30 metros de altura, enfeites e caixas de presentes em tamanhos gigantes. O acesso será pela entrada principal, na avenida Farquar. Também o Prédio do Relógio e o Mercado Cultural estão sendo ornamentados. 

AEROPORTO DE CACOAL PRONTO PARA NOVOS VOOS

Com uma infraestrutura moderna, que atende os padrões de segurança recomendados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o Aeroporto Capital do Café, em Cacoal, ficou mais amplo e melhor com capacidade para atender toda a região. O Governo de Rondônia, na última quarta-feira (1º), fez a entrega oficial da reforma e ampliação do aeroporto que, em breve, deve receber seus primeiros voos.  O aeroporto construído em 2010 e teve seus voos suspensos por questões de segurança.  Agora, depois das reformas, terá  as condições necessárias para entrar na rota das grandes empresas aéreas do Brasil.

WORKSHOPS SOBRE LATTES E APCNS NA UNIR

A Pró-Reitoria de Pós-graduação e Pesquisa (Propesq) da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) vai realizar, em dezembro, um circuito formativo relacionado as pesquisas e aos programas de pós-graduação (PPG) stricto sensu da instituição. Voltado a coordenadores de PPGs e pesquisadores em geral, o evento busca ampliar a qualificação dos pesquisadores e dos programas. O circuito é composto por quatro workshops que vão ocorrer nos dias 6, 7, 13 e 14 de dezembro, das 8h às 16h, em formato online e síncrono, e não serão gravados, portanto os participantes deverão acompanhar no momento em que estiverem sendo realizados. Para realizar a inscrição, basta acessar o site www.sympla.com.br/produtor/educativa e selecionar o curso de interesse.  De acordo com os organizadores, os cursos têm abordagem dinâmica e prática, buscando a viabilização de implantação imediata de todo o conteúdo desenvolvido.

EM OUTUBRO O EMPREGO CRESCEU PELO 8º MÊS NO AMAZONAS

Ainda que o resultado, em outubro, no Brasil tenha tido um saldo de 253.083 empregos celetistas, em outubro, com as contratações (+1.760.739) voltando a superar as demissões (-1.507.656), houve desaceleração ante setembro (313.902) e o desempenho também foi menor que o de outubro de 2020 (+388.9038). No acumulado de 2021, foram criadas 2.645.974 vagas (+6,86%), levando o estoque a 41.353.207 vínculos empregatícios no país. O Amazonas com um saldo de empregos que cresceu pelo oitavo mês, na passagem de setembro para outubro, voltou a desacelerar. O Estado criou 2.099 postos de trabalho celetistas, gerando uma alta de 0,47% na variação mensal. Mas, foi um resultado inferior do mês passado (+0,97% e +4.302). O desempenho proporcional do Amazonas bateu a média da região Norte (+0,45%), mas ficou aquém da média nacional (+0,62%). Com a nova performance positiva, o Estado conseguiu se manter no azul nos saldos dos acumulados do ano (+7,77% e +32.041) e dos últimos 12 meses (+8,43% e +34.535), na série com ajuste. O estoque – que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos – registrado no mês passado foi de 446.234 ocupações formais. Os números estão na mais recente edição do “Novo Caged”, divulgada pelo Ministério da Economia, e mostram que São Paulo: +76.952 postos (+0,61%); Minas Gerais: +21.327 postos (+0,49%) e  Rio de Janeiro: +19.703 postos (+0,61%) tiveram os maiores saldos positivos. Já os menores saldos foram d Amapá: -95 postos (-0,14%); Roraima: +474 postos (+0,78%) e Rondônia: +920 postos (+0,37%). 

A imprensa cria um catastrofismo sobre a situação brasileira em relação ao Produto Interno Bruto, inflação e pobreza como se fosse resultado do governo e não tivéssemos tido quase dois anos de paralisações /ou restrições das atividades econômicas. É uma questão que afeta o mundo inteiro muito diferente de gestões anteriores que tiveram um setor externo com céu de brigadeiro, mas, são os interesses deles e de grandes empresários. No entanto, como revela as Nações Unidas 274 milhões de pessoas em todo o mundo precisarão de ajuda e proteção de emergência no próximo ano. O total corresponde a um aumento de 17% em comparação com os 235 milhões no período anterior. Por isto o secretário-geral da ONU, António Guterres, destacou que é preciso fazer mais para superar os atuais problemas. Segundo Guterres, o mundo deve se unir para apoiar crianças, mulheres e homens que não têm a quem recorrer. 

CONSTRUÇÃO CIVIL GERA MAIS DE 17 MIL POSTOS EM OUTUBRO

A construção civil abriu 17.236 empregos em outubro (+0,73%) e, no ano, criou 284.544 postos de trabalho com carteira assinada (+13,51%). Registraram-se 24,5 mil contratados em setembro, 32 mil em agosto, 29 mil em julho, 23 mil em junho, 22 mil em maio, 21 mil em abril, 24 mil em março, 44 mil em fevereiro e o mesmo número em janeiro. Os dados são do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados em 30 de novembro, pelo Ministério do Trabalho e Previdência. De novembro de 2020 a outubro de 2021, a construção abriu 248.034 novos (+11,57%).

AUTOR: SILVIO PERSIVO –  COLUNA TEIA DIGITAL

  • A opinião dos colunistas colaboradores são de sua inteira responsabilidade e não reflete necessariamente a posição da Folha Rondoniense

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com