Politica

TEMER, MINISTROS E RENAN DIZEM NA CHINA O QUE EMPRESÁRIOS QUERIAM OUVIR

Anúncios

ELE FEZ DISCURSO QUE EMPRESÁRIOS CONSIDERARAM ANIMADOR

O presidente Michel Temer deu uma injeção de ânimo nos empresários brasileiros que participam neste momento, em Xangai, 9h55 no horário local, do Seminário Empresarial de Alto Nível Brasil-China. O evento está sendo realizado no Hotel Jing An Shangri-La, Ball Room. Já é sexta-feira (2) na China.

Da comitiva do presidente brasileiro, o primeiro a usar a palavra foi o ministro Henrique Meirelles (Fazenda), sendo seguido do ministro Blairo Maggi (Agricultura), que realiza um longo tour na região asiática, atraindo investimentos para o Brasil. Maggi ficará na Ásia até 23 de setembro. Em seu discurso, o presidente Michel Temer provocou momentos de descontração ao afirmar que sente inveja do ministro Blairo Maggi, pla oportunidade de pernacer em região tão encantadora, trabalhando pelo País.

O ministro José Serra (Relações Exteriores) limitou-se a ler uma nota curta em que destacou a importância do evento. Mas a estrela dessa reunião, segundo fonte do Diário do Poder na comitiva brasileira, foi o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que, falando de improviso, cativou os empresários que participam do seminário.

Para Renan Calheiros, o retorno à China tem significado. Ele esteve pela primeira vez naquele país em 1987, integrando a comitiva do então governador de Alagoas, Fernando Collor, que fez uma visita oficial a Beijing a convite do governo chinês. Naquela ocasião, a candidatura presidencial de Collor foi mencionada publicamente pela primeira vez.

Após a reunião, o presidente passou a ouvir as ponderações e até sugestões de cada líder empresarial presente, individualmente, numa paciência que a ex-presidente Dilma Rousseff jamais teve. “Os empresários ficaram eufóricos!”, afirmou a fonte do DP. As comparações entre o presidente sua antecessora são enfatizadas.

Após uma declaração à imprensa, às 12h55 (à 1h30 da madrugada, hora de Brasília), Michel Temer seguirá com sua comitiva para a cidade de Hangzhou, onde será realizado o encontro do G-20, que reúne os vinte países mais importantes do mundo. Já na cidade, Temer terá um encontro bilateral de 40 minutos com o presidente chinês Xi Jinping, na Casa de Hóspedes do Lago Oeste. Essa reunião deverá terminar às 17h30 (6h30, hora de Brasília).

Fonte: DiariodoPoder

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com