Politica

Presidente da CPI da Pandemia diz que governador de Rondônia Marcos Rocha vai ser convocado a depor

O senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Pandemia, disse na manhã desta terça-feira (25) que o governador de Rondônia, Marcos Rocha (Sem partido) será um dos 9 governantes que deverão ser convocados para depor na comissão. Aziz, durante embate com o senador Marcos Rogério (DEM) afirmou que em todos os estados e prefeituras palcos de operações contra corrupção na pandemia, os governadores e prefeitos irão se explicar.

O Governo de Rondônia foi alvo, em 2.020, de operação da Polícia Federal por suspeita de corrupção na compra de kits rápidos para teste de Covid-19. Marcos Rocha é aliado do presidente Jair Bolsonaro.

A votação da convocação dos governadores acontece nesta quarta-feira.

Em 30 de julho do ano passado a Polícia Federal realizou em Rondônia a Operação Polígrafo, visando desarticular esquemas de fraudes na aquisição emergencial de testes rápidos para diagnóstico da Covid19, por parte da Secretaria Estadual de Saúde de Rondônia.

A ação fazia parte de trabalho conjunto entre a Polícia Federal, Controladoria-Geral da União e Ministério Público de Rondônia. Os 13 mandados foram cumpridos em Porto Velho, Itajaí/SC, Balneário Camboriú/SC e Rio de Janeiro/RJ. O valor total da contratação investigada chega a R$ 10.500.000,00 (dez milhões e quinhentos mil reais).

Durante as investigações, foram apurados indícios de irregularidades na dispensa de licitação para compra dos testes, que não possuíam registro na Anvisa, e superfaturamento no valor de cada unidade adquirida, comparado ao preço ofertado em chamamento público realizado pela Superintendência Estadual de Licitações – SUPEL.

FONTE: RONDONIAGORA.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com