Noticias

Novo Procurador-Geral de Justiça diz que luta contra o crime organizado continuará sendo prioridade

Anúncios

O Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público do Estado de Rondônia deu posse, nesta sexta-feira, dia 15 de maio, ao Procurador de Justiça Airton Pedro Marin Filho, no cargo de Procurador-Geral de Justiça, e à Procuradora de Justiça Vera Lúcia Pacheco Ferraz de Arruda, no cargo de Corregedora-Geral, para o biênio 2015/2017.

A sessão solene de posse ocorreu no auditório do edifício-sede do MPRO, em Porto Velho, com a presença do governador Confúcio Moura; do presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho; do vice-presidente Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, Desembargador Alexandre Miguel; do presidente da OAB/RO, Andrey Cavalcante; Senador Valdir Raupp; Procuradores-Gerais de Justiça, Membros do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Conamp,  Defensoria Pública, Ministério Público da União, Tribunal de Contas, Tribunais Federais, entre outras autoridades civis e militares, parlamentares, membros e servidores da Instituição e representantes da sociedade civil.

Após receber do Presidente do Colégio de Procuradores de Justiça, Héverton Alves de Aguiar, o capelo, símbolo máximo da chefia do Ministério Publico, Airton Pedro Marin Filho fez o juramento e assinou o termo de posse. Ao assumir a chefia do Parquet, Airton Pedro Marin, afirmou que seu projeto de administração para o biênio 2015/2017 assenta-se sobre o enfrentamento dos problemas contemporâneos, a fim de que os Membros da Instituição, com melhor estrutura, com rotina e dinâmica administrativa célere possam se desincumbir com maior eficiência de suas atribuições, concentrando seus esforços nas ações institucionais que realmente tragam a necessária mudança na realidade social de sua comunidade.

Airton Marin Filho ressaltou que o combate ao crime organizado e o combate a má índole dos gestores públicos também continuará sendo uma prioridade. “A luta contra o descaso, contra o crime organizado e combate à desonra dos agentes públicos de má índole, verdadeiros abutres que se nutrem na vida dos miseráveis, da saúde, dos enfermos empobrecidos pela má qualidade de vida, e que subtraem incansavelmente dos mais simples o sonho por uma sociedade justa e solidária, terá não só continuidade, mas também prioridade”, destacou.

Héverton Alves de Aguiar, que deixa a Procuradoria-Geral de Justiça, agradeceu a confiança depositada pelos membros e servidores do Ministério Público nos seus quatro anos à frente da Instituição. “Avançamos muito, muito fizemos, mas temos plena consciência de que muito ainda há por fazer. Se mais não conseguimos realizar, não foi por falta de vontade, de empenho e dedicação, mas sim porque condições nos faltaram”, ressaltou.

Já como Procurador-Geral de Justiça, Airton Pedro Marin Filho, deu posse a nova Corregedora-Geral do MPRO, Procuradora de Justiça Vera Lúcia Pacheco Ferraz de Arruda. Em seu discurso, ela enfatizou o papel da Corregedoria-Geral e que seu principal objetivo será acompanhar e orientar a atuação e conduta dos membros da Instituição. Ao deixar o cargo de Corregedor-Geral, o Procurador de Justiça Rodney Pereira de Paula, aproveitou para apresentar uma prestação de contas de sua gestão.

Nova equipe

A nova equipe da Administração Superior do Ministério Público do Estado de Rondônia será composta pelo Subprocurador-Geral de Justiça, Procurador de Justiça Osvaldo Luiz de Araujo, cuja portaria de nomeação foi o primeiro ato praticado pelo novo Procurador-Geral de Justiça. Fazem parte ainda a chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, Promotora de Justiça Andréa Luciana Damacena Ferreira Engel; Diretor do Centro de Atividades Judiciais (CAEJ), Promotor de Justiça Aluildo de Oliveira Leite; Diretor do Centro de Atividades Extrajudiciais (CAEX), Procurador de Justiça Cláudio Wolff Harger; Secretário-Geral, Promotor de Justiça Jesualdo Eurípedes Leiva de Faria, e acumulando as funções de Coordenador de Planejamento e Gestão (Coplan) e Diretor do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF), o Promotor de Justiça Jorge Romcy Auad Filho.

Fonte: Ascom MPRO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
Tags
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com