Mundo

EUA identificam 1º caso de variante amazônica do novo coronavírus

Paciente contaminado com a mutação do vírus é de Minnesota e viajou para o Brasil antes de testar positivo para covid-19

O Departamento de Saúde do estado de Minnesota relatou nesta segunda-feira (25) o primeiro caso nos Estados Unidos de uma pessoa infectada com a variante amazônica altamente contagiosa do novo coronavírus.

Em comunicado, as autoridades locais disseram que a pessoa infectada é um morador de Minnesota “com um histórico recente de viagens ao Brasil” e que a amostra foi coletada em 9 de janeiro.

“A pessoa ficou doente durante a primeira semana (…) e informou ter viajado para o Brasil antes de adoecer”, disse o Departamento de Saúde do estado.

A variante amazônica é uma das três que atraíram a atenção mundial recentemente, junto com as que foram detectadas no Reino Unido e na África do Sul.

Esta cepa tem origem no estado do Amazonas e é considerada altamente contagiosa, pois apresenta alterações genéticas semelhantes às outras duas.

A Itália também anunciou na segunda-feira seu primeiro caso da variante brasileira, e a Alemanha o fez na última sexta-feira.

Restrições de viagens

A farmacêutica Moderna informou nesta segunda-feira que sua vacina, uma das que já circulam em vários países, protege contra as variantes britânica e sul-africana, mas ainda não há confirmação se ela é eficaz contra a variante brasileira.

Nos Estados Unidos há restrições de viagens procedentes do Brasil por causa da pandemia, embora os cidadãos americanos ou residentes permanentes estejam isentos.

O ex-presidente americano Donald Trump ordenou antes de deixar o cargo que as restrições fossem suspensas, mas o novo mandatário, Joe Biden, as manteve tanto para o Brasil como para países europeus do espaço Schengen, Reino Unido e África do Sul.

FONTE: R7.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com