Interior

Jaru vai sediar 1º Concacau; evento acontece nos dias 24 e 25 de novembro

Concacau tem a finalidade de incentivar o cultivo do cacau nem Rondônia, além de premiar os melhores produtores

Será realizado nos dias 24 e 25 de novembro o 1º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Cacau de Rondônia, (Concacau), no município de Jaru, na Praça José Eustáquio, localizada à Rua Florianópolis, 2856, Setor 2. Nesta quinta-feira (25), às 9h, acontece a solenidade de premiação, do evento que é realizado pelo Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), com a finalidade de identificar, premiar, promover e incentivar a melhoria da qualidade e da sustentabilidade na produção de cacau em Rondônia.

Dentre os 38 inscritos de diversos municípios rondonienses, quatro produtores serão premiados. Em decorrência da disputa, o setor produtivo está movimentado na região e a participação no evento voltado à sustentabilidade e qualidade da cultura, principal matéria-prima do chocolate, tem o condão de valorizar ainda mais o filão.

Cláudio Conceição é produtor de cacau desde 1982 e vivenciou o auge da cacauicultura rondoniense, mas também acompanhou a queda durante determinados períodos específicos. Conhece como poucos a área e compreende a importância do Concacau como vitrine e meio de valorização dos produtores regionais.

Cacau é uma das principais culturas colhidas por Fernandes Sabino em São Felipe d’Oeste

O produtor entende que hoje a realidade é outra, logo os trabalhadores procuram desenvolver a produção com base na qualidade a partir de investimento em tecnologias e clonagens de plantas mais resistentes a pragas e doenças. “Certamente é um mercado que há para onde expandir muito. E o cacau de qualidade trará resultados nos preços. Se a pessoa tem uma amêndoa boa, conseguirá obter valores melhores”.

Ele prossegue: “Isto sem contar que quando você faz uma amêndoa de qualidade, adubada, mais pesada, você terá mais valor nos preços. E isso é importante para nós, os produtores”.

PRODUÇÃO ESTÁVEL

Em fevereiro deste ano, o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontava que o cacau teria maior crescimento em produção e área plantada em 2021.

Em suma, sacramentou a estabilidade na área plantada em nove mil hectares e crescimento de 18,4% na produção (de 5 para 6 mil toneladas).

A Seagri esclarece que o evento tem a finalidade de incentivar o cultivo do cacau no Estado, além de premiar os melhores produtores; estes concorrem a R$ 23,1 mil em prêmios.

A intenção é que o sucesso e a adesão, cada vez maior ao Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé), sejam repercussões repetidas em relação ao cacau.

Com isso, a ideia também é estimular a criação de novos clones do fruto e melhorar a produtividade, sobretudo nas pequenas propriedades rurais.

Na quarta-feira (24), primeiro dia do evento contará com degustação de chocolates elaborados por meio de amostras de amêndoas retiradas dos cacaus inscritos na premiação por seus produtores; já  no dia seguinte, quinta-feira (25),  às 9 horas acontece a premiação.

PREMIAÇÃO

1º lugar – R$ 10 mil (em dinheiro)
2º lugar – R$ 7,5 mil em crédito para aquisição de produtos em empresas de agropecuária;
3º lugar – Pulverizador, no valor de R$ 3 mil; e
4º lugar – 400 mudas de cacau clonal, no valor de R$ 2,6 mil.

FONTE: SECOM/RO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com