Interessante

Jornalista Marcelo Bennesby morre aos 51 anos após ter doenças agravadas pela Covid-19

Marcelo deixa a esposa e dois filhos e uma enteada.

O jornalista Marcelo Bennesby faleceu na madrugada desta segunda-feira (25), depois de complicações de saúde. Ele estava internado desde a manhã do dia 1º de janeiro deste ano, quando sofreu AVC (Acidente Vascular Cerebral). Foi imediatamente socorrido pela esposa Aline e deu entrada num hospital particular, em Porto Velho, onde passou por cirurgia e permaneceu internado em UTI. O Diário da Amazônia apurou que quadro de saúde complicou após contrair infecção hospitalar, pneumonia e por último foi positivado para a Covid-19 contraída na UTI.

Desde que foi internado, o quadro de saúde do jornalista teve várias alterações. Ele chegou a sair do coma, conversava de forma lúcida e reagia bem aos tratamentos. Na tarde de quinta-feira (21), teve outro sangramento cerebral e necessitou de nova cirurgia. Na manhã desta sabado (23) fez um procedimento de traqueostomia e no domingo uma tomografia e exames para avaliação neurológica. Mas durante a madrugada sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. Marcelo deixa a esposa, Aline Martinicano Ferreira, os filhos Eduardo ferracioli bennesby, de 12 anos e Isabella ferracioli bennesby, 16 anos e a enteada Sara Martimiamo Ferreira.

TRAGETÓRIA 

Marcelo Silveira Bennesby tem mais de 24 anos na área de Comunicação Social, colaborou diretamente no desenvolvimento de pesquisas e análise de matérias sobre notícias locais divulgadas na mídia Regional e Nacional. Participou da produção, realização, elaboração e apresentação de diversos documentários especiais. 

Já esteve em vários eventos como palestrante sobre assuntos relacionados ao tema. Destaque para: experiência em textos para TV, mas atua também em jornal impresso e rádio, definição de pautas, redação de releases, organização de agenda de compromissos, organização de eventos, revisão de textos, clippings, coordenação da produção de vídeos institucionais e apresentação de telejornais. Atualmente é o editor e apresentador do Fala Rondônia 1ª edição.

Iniciou como apresentador de TV na Rede Amazônica de Televisão, onde atuou na TV Rondônia/Globo em diversas funções, inclusive, gerente regional de jornalismo. Na SIC TV/Record foi âncora de jornalismo e editor responsável. Atualmente era apresentador e editor responsável pelo Fala Rondônia, programa noticioso em rede estadual pela Rede TV!/SGC (Sistema Gurgacz de Comunicação). 

Marcelo Bennesby era um jornalista atuante na defesa de assuntos da coletividade. Era amante do jornalismo comunitário e gostava de dar voz ao seu público. Acolhia ideias, opiniões e era incisivo no seu pensamento de defesa dos interesses da comunidade. Sua carreira profissional foi destacável em todas as empresas aonde trabalhou. 

Bennesby também era empresário e disputou eleições duas vezes para deputado estadual ficando como suplente em 2006 pelo PV e em 2018 pelo PDT. Na vida social era discreto e se dedicava a arte musical. Fundou e foi líder por mais de 20 anos da banda Rock Soul Funk onde era guitarrista.

FONTE: DIÁRIO DA AMAZÔNIA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com