Geral

CPI da Covid cogita condução coercitiva do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, durante sessão de debates temáticos com a presença do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello na sessão remota semipresencial . Sérgio Lima/Poder360 11.02.2021

Segundo reportagem do jornal Estado de S.Paulo, senadores passaram a cogitar a medida após Pazuello receber, na manhã desta quinta-feira, uma visita do ministro Onyx Lorenzoni (Secretaria-Geral da Presidência) no Hotel de Trânsito de Oficiais, onde supostamente estaria em isolamento depois de ter contato com dois servidores que contraíram a doença

Senadores propuseram, na tarde desta quinta-feira (6), que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello, general da ativa do Exército, seja alvo de condução coercitiva para depor perante a CPI da Covid, após o ex-titular da pasta alegar ter tido contato direto com pessoas que contraíram Covid para fugir do depoimento na comissão e ter se reunido com o ministro Onyx Lorenzoni.

Segundo reportagem do jornal Estado de S.Paulo, senadores passaram a cogitar a medida após Pazuello receber, na manhã desta quinta-feira, uma visita do ministro Onyx Lorenzoni (Secretaria-Geral da Presidência) no Hotel de Trânsito de Oficiais, onde supostamente estaria em isolamento depois de ter contato com dois servidores que contraíram a doença.

Pazuello não manteve medidas de isolamento e se reuniu com Onyx, que foi escalado como articulador da estratégia de defesa do governo Jair Bolsonaro na CPI, gerando a desconfiança por parte dos membros da comissão parlamentar que aguardam sua presença no fórum.

FONTE: BRASIL 247

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLÍTICA

TEIA DIGITAL

TEMPO REAL

DIRETO DE ROLIM

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com