Extra

BNDES suspende cobrança de financiamentos de pequenas empresas

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) suspendeu a cobrança de pagamento por empréstimos feitos por micro e pequenas empresas de todos os setores por seis meses (maio a outubro de 2021).

A decisão também permitirá a suspensão, independentemente do tamanho, empresas de atividades artísticas, transporte aéreo, alojamento e transportes rodoviário e metroferroviário de passageiros. Já o setor audiovisual poderá ter a suspensão de pagamento num prazo de até 12 meses.

Estarão de fora as operações de comércio exterior e empresas contratadas pela administração pública.

Como solicitar suspensão de financiamentos

A empresa que deseja a suspensão deverá procurar o banco, onde o financiamento foi contratado, ou preencher um formulário no site do banco a partir da próxima segunda-feira (3).

A prorrogação deverá estar dentro dos 18 meses posteriores ao prazo final do contrato. A medida também pode retroagir, abarcando até a primeira prestação em aberto após 15 de fevereiro deste ano.

Crise econômica

Os efeitos da pandemia foram os motivos para a medida ser tomada. Antes, o BNDES já havia lançado mão da ferramenta, pelo mesmo motivo, que foi aplicada em março de 2020.

Rafael Carone, vice-presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Rafael Cervone, defende a prorrogação dos prazos de carência de empréstimos feitos a pequenas e média empresas.

Em nota divulgada, foi informado que a defesa foi feita em reunião do Compi (Conselho Superior da Micro, Pequena e Média Indústria), divulgada nesta quinta-feira (29).

FONTE: JORNAL CONTÁBIL

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLÍTICA

TEIA DIGITAL

TEMPO REAL

DIRETO DE ROLIM

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com