Esporte

G-4 do Brasileirão fica sem nenhum dos 12 grandes pela primeira vez na história

Anúncios

Pela primeira vez na história dos pontos corridos, o G-4 do Campeonato Brasileiro não tem nenhum dos 12 grandes clubes do país. Esse foi o grande veredito da quarta rodada.

O Atlético-PR, que venceu o Joinville no fim da noite de sábado, fora de casa, ocupa a liderança pela primeira vez desde a segunda rodada do Brasileirão de 2007.

Quase rebaixado no Campeonato Paranaense em abril, o Furacão soma três vitórias e apenas uma derrota no Nacional — justamente para o Goiás, atualmente quarto colocado.

A zona de classificação para a Libertadores conta ainda com Sport e Ponte Preta. Os pernambucanos são os únicos com “100% de aproveitamento”, entre os quatro em todas as rodadas.

Entre os 12 tradicionais, o time mais bem posicionado é o Atlético-MG, que bateu o Vasco por 3 x 0 e subiu para a quinta posição do Nacional. Em contrapartida, três estão na zona de rebaixamento: além do cruz-maltino, o Cruzeiro e o Flamengo.

Desde 2003, quando o Brasileirão começou a ser disputado no formato atual, 480 rodadas se passaram, contando com a de ontem. Apenas três vezes — todas em 2004 —, a situação foi parecida com a atual, mas não tão grave para as equipes mais tradicionais. Nestas, só havia um dos grandes entre os quatro primeiros do campeonato.

Na segunda rodada de 2004, o Cruzeiro foi o intruso entre Figueirense, Goiás e Ponte Preta. Na quinta, o São Paulo se meteu entre Vitória, Goiás e Ponte. E, na 11ª, o Palmeiras formou o G-4 com Figueirense, Ponte e Criciúma. No fim daquela Série A, o domínio inicial dos pequenos foi em vão: classificaram-se para a Libertadores Santos, Atlético-PR, São Paulo e Palmeiras.

Fonte: Super Esporte

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

About the author

Gomes Oliveira

Add Comment

Click here to post a comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com