Cidades

Prefeito Hildon Chaves firma acordo com entidade ligada à Organização Mundial de Saúde (OMS), para intensificar combate à Covid-19

Reunião também serviu para detalhar Termo de Cooperação em estudos relacionados à saúde no Brasil

Reunião alinhou estratégias de combate à Covid-19O prefeito Hildon Chaves esteve reunido, na última sexta-feira (5), com representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), entidade ligada à Organização Mundial de Saúde (OMS), para debater sobre o Termo de Cooperação com o município, em estudo e programas para a melhoria em ações de saúde, principalmente, em relação ao novo coronavírus (Covid-19) e suas variantes. A reunião aconteceu no Prédio do Relógio, sede da Prefeitura de Porto Velho.

“Rodrigo Stabeli e Rodrigo Saide são pesquisadores de muita ‘expertise’. Já percorreram vários estados do Brasil com a intenção de fortalecer as ações no combate a Covid-19 através da OPAS. Estão em Porto Velho para fortalecer os compromissos com o Termo de Cooperação”, disse o prefeito apresentando os representantes da organização.

Rodrigo Stabeli, pesquisador da Fiocruz e representante da OPAS, e Rodrigo Saide, consultor nacional da OPAS, vieram debater detalhes do Termo de Cooperação e ampliar a contribuição no monitoramento, avaliações e resultados dos pacientes que contraíram a Covid-19.

“Os estudos ajudam a promover estratégias de comunicação e vacinação, que são importantes na proteção da população contra a transmissão do vírus e suas variantes”, explicou Rodrigo Saide.

Segundo Rodrigo Stabeli, a OPAS desenvolveu uma sonda que é capaz de identificar até três tipos de variantes do coronavírus (P.1, B.1.1.7 e a 3.5.9). Ele anunciou que, em breve, a sonda, que no momento passa por testes, estará disponível para todos os países da América do Sul, através da Fiocruz. “A Fiocruz fez uma avaliação ampliada e testou, até ontem (4), mil amostras em diferentes estados e identificou que essas variantes já estão em circulação pelo Brasil”, revelou o pesquisador.

Há duas semanas, a Prefeitura de Porto Velho recebeu 12 mil testes rápidos de antígenos doados pela OPAS para apoiar o município no combate à pandemia da Covid-19.

Os testes fornecem resultados em até 15 minutos e com alta taxa de confiabilidade. Com eles há maior precisão na descoberta de pessoas infectadas, o que permite imediato isolamento do paciente para conter a proliferação do vírus.

Também participaram da reunião o secretário-geral de Governo, Fabrício Jurado e a secretária municipal de Saúde, Eliana Pasini

FONTE: ASSESSORIA COMDECOM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

BAIXE NOSSO APLICATIVO

RESENHA POLÍTICA

TEIA DIGITAL

TEMPO REAL

DIRETO DE ROLIM

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com