Atualidades

Governador Marcos Rocha deve depor em julho na CPI da Covid no Senado

Os nove governadores convocados pelos senadores começam a ser interrogados no final de junho; governador do Amazonas é o primeiro da lista

O governador de Rondônia, Marcos Rocha (Sem Partido), deverá depor na CPI da Covid no mês de julho. Conforme calendário divulgado pela Comissão Parlamentar de Inquérito nesta quinta-feira (27), os nove chefes dos Executivos estaduais convocados pelos senadores, começam a ser interrogados no final de junho.

De acordo com o calendário, o governador do Amazonas, Wilson Lima, será o primeiro a depor na CPI da Covid, no dia 29. Depois dele está programado o depoimento de Helder Barbalho (Pará), no dia 30, e Wellington Dias (Piauí), no dia 1º de julho. O cronograma ainda pode sofrer alterações.

A convocação de nove governadores foi aprovada pela CPI na última quarta-feira. O critério de escolha dos gestores foi definido pelos locais onde houve operações da Polícia Federal para investigar mau uso do dinheiro destinado ao combate à pandemia.

Veja a agenda de depoimentos prevista para junho:

  • Terça-feira (1º): Nise Yamaguchi, médica oncologista defensora da cloroquina contra a Covid;
  • Quarta-feira (2): Clovis da Cunha, presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia; Zeliete Zambom, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade; Francisco Alves, infectologista do Hospital Emílio Ribas (SP); Paulo Porto Melo, médico neurocirurgião;
  • Terça-feira (8): Nísia Trindade Lima, presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz);
  • Quarta-feira (9): Elcio Franco, ex-secretário-executivo do Ministério da Saúde;
  • Quinta-feira (10): Markinhos Show, ex-assessor do Ministério da Saúde;
  • Sexta-feira (11): Cláudio Maierovitch, médico sanitarista; e Nathália Pasternak, microbiolgoista e pesquisadora da USP;
  • Terça-feira (15): Marcellus Campêlo, secretário de Saúde do Amazonas;
  • Quarta-feira (16): Wilson Witzel, ex-governador do Rio de Janeiro;
  • Quinta-feira (17): Carlos Wizard, empresário;
  • Terça-feira (22): Filipe Martins, assessor da Presidência da República;
  • Quarta-feira (23): Representante do Instituto Gamaleya (desenvolvedor da vacina russa Sputnik V);
  • Quinta-feira (24): Jurema Werneck, representante do Movimento Alerta;
  • Terça-feira (29): Wilson Lima, governador do Amazonas;
  • Quarta-feira (30): Helder Barbalho, governador do Pará.

Segundo a agenda, no dia 1º de julho, deverá comparecer o governador do Piauí, Wellington Dias (PT). Os demais convocados deverão ser ouvidos no decorrer do mês. A agenda de julho, ainda não foi divulgada.

Veja a lista dos governadores convocados:

Wilson Lima, do Amazonas

Ibaneis Rocha, do Distrito Federal

Waldez Góes, do Amapá

Helder Barbalho, do Pará

Marcos Rocha, de Rondônia

Antonio Denarium, de Roraima

Carlois Moisés, de Santa Catarina

Mauro Carlesse, de Tocantins

Wellington Dias, do Piauí

FONTE: PORTAL DA CIDADE

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com